26.8 C
Vitória
segunda-feira, 1 março, 2021

NATACHE
BARROS

Novos Mundos, Novos Trabalhos, Novas Decisões – De Vuca para Bani

Leia Também

O que esperar do mercado imobiliário em 2021

Com a taxa de juros em seu patamar mais baixo da história, as pessoas continuam buscando ativos reais, a exemplo dos imóveis, porque é...

Crime e não mera crítica: legalidade da prisão em flagrante de Daniel Silveira

O deputado já é alvo de investigação em dois inquéritos policiais que apuram respectivamente a prática de atos antidemocráticos Por Eneida Taquary A prisão em flagrante...

A destruição da poupança

A caderneta virou aquele cofre em forma de porquinho, ou seja, é um mero lugar para se guardar dinheiro, para não se ter o incômodo e os temores de deixá-lo em casa.

O Mundo Bani criado recentemente em 2018, representa um mundo Frágil (do inglês brittle), Ansioso, Não linear e Incompreensível

No final da década de 1980 foi criado o acrônimo Mundo VUCA de Volátil, Incerto (Uncertaly), Complexo e Ambíguo para descrever o cenário iniciado após a guerra fria. Este termo nos remete à múltiplas forças complexas que agem para transformar a sociedade de diferentes maneiras.

O mundo Bani que veio a ser criado um pouco antes do COVID e que a pandemia acelerou sem dúvidas não só a transformação digital, tão esperada e falada anteriormente como também fez com que este novo Acrônimo fizesse mais sentido ao novo momento mundial. Vamos falar do BANI segmentando-o para que fique mais claro.

Brittle (Frágil)

Os últimos tempos nos mostrou que o mundo é frágil. De uma hora para outra pode aparecer um vírus, um concorrente pode mudar a lógica do mercado ou uma falha do outro lado do mundo pode afetar o nosso continente. E assim empregos não são mais garantidos, posições não são sinônimo de segurança e mudanças de carreiras passam a ser normais e constantes.

Ansioso

Com tantas transformações ocorrendo no mundo de forma tão volátil e rápida assim como a certeza de que os sistemas são frágeis, nos deixam ansiosos. Nos expondo a tomada de decisões cada vez mais rápidas, pois a diferença do Sucesso ou Fracasso neste mundo BANi pode estar na rapidez da resposta, onde cada minuto perdido nos trás a sensação de estarmos ficando para trás. Sem contar no volume de informações continuas que somos expostos e sobrecarregados a todo momento, cobranças por resultados incessantes, como não nos tornarmos ansiosos. Como dar conta deste novo universo sem nos abalarmos emocionalmente e sermos dominados pela ansiedade.

Não Linear

Em um ambiente não linear uma pequena decisão pode ter consequências devastadoras. Um grande esforço pode não trazer grandes resultados. Ao perder a linearidade, os altos e baixos não são proporcionais. Aprendemos que consequências de qualquer causa podem emergir rapidamente, ou podem demorar meses para que os resultados apareçam. Nada mais é certo, e tudo deve ser adaptável às circunstâncias. O imediatismo meio que perde seu valor e necessidade.

Incompreensível

Com tantas mudanças desde as coisas mais simples as mais complexas, tentamos achar resposta para tudo e nos baseamos em dados e nas inúmeras informações que temos de todos os lados. Contudo, a sobrecarga resulta na incompreensibilidade. Perguntar “como foi que isso aconteceu?” parece ser natural, mas a resposta não é tão óbvia assim. A toda hora nossos conceitos e ideias mudam. Tudo acontece tão rápido que cada vez mais parece que entendemos menos.

Desta forma ter a simples clareza desta transformações do mundo VUCA para o BANI, onde não há regras fixas, onde passamos a ter uma grande incerteza do que está por vir. Percebemos, em níveis pessoal e profissional, que estratégias de longo prazo não fazem mais sentido e que esta consciência já nos trará formas diferentes de reações e adaptações a este novo universo, onde também precisaremos não só do apoio do ferramental tecnológico para nos apoiar neste crescimento como também das soft skills que nos trás a leveza da aceitação e adaptação ao incompreensível, ou seja, as inovações tecnológicas requerem que usemos as mesmas inovações para lidar com a nova sociedade criada pelo avanço tecnológico e transformações mundiais deste novo mundo BANI, que gerou transformações tambem nas pessoas e suas relações interpessoais.

Assim, Para lidarmos com a fragilidade, precisamos de capacitação e resiliência. Para lidar com a ansiedade, precisamos de empatia e cuidar da saúde mental. Num mundo não linear, precisamos prestar atenção ao contexto e sermos adaptáveis. Num mundo incompreensível, precisamos de transparência e intuição.

Mas em um ambiente BANI aprendemos que nada é certo e nada é para sempre. O que importa é passar pela tempestade.

ES Brasil Digital

Capa ES Brasil 182
Continua após publicidade

Mais Essas Mulheres

Não julgue

A sugestão é não julgar; e, sim, avaliar de forma simplista e com paciência Tenhamos mais tolerância com as crianças. Digo isso, especialmente, a quem...

Tempo

Tempo: para alguns, um santo remédio; para outros, um grande veneno

Novembro Azul

Fugindo do conceito onde só a mulher se cuida é necessário que os homens também passem a ter este conceito e o mês de novembro é a vez deles

Blogs e colunas

Quanto custa manter um carro?

Muitos afirmam que os gastos com o carro se assemelham aos que se tem com um filho

Acessórios automotivos: conheça os tipos e as preferências de cada motorista

Personalização, customização, individualização. Os nomes são muitos, mas uma coisa é certa: nos últimos tempos, a moda é transmitir a personalidade de cada um através de cada item do dia-a-dia.

Inteligência artificial: vantagens nos veículos de luxo

Com a tecnologia necessária para a condução autônoma, as montadoras têm feito parcerias com empresas da indústria eletrônica para colocar em prática as novidades do mercado automotivo.