Vitória abre inscrições para curso sobre situação de violência

O curso "Linhas de Cuidado às Pessoas em Situação de Violência" tem 80 horas, é semipresencial (Fotografia - Marcello Jr)

As inscrições podem ser feitas até 11 de março

Promover a capacitação de profissionais da rede de proteção às pessoas em situação de violência para o desenvolvimento de ações de atenção à saúde desse público. Esse é o objetivo do curso “Linhas de Cuidado às Pessoas em Situação de Violência”, que será realizado pela Escola Técnica e Formação Profissional de Saúde de Vitória (Etsus-Vitória).

O público-alvo é constituído por servidores das secretarias municipais de Saúde (Semus), Educação (Seme), Assistência Social (Semas) e Cidadania, Direitos Humanos e Trabalho (Semcid), bem como profissionais que atuam em outros pontos da rede de proteção às pessoas em situação de violência.

As inscrições podem ser feitas até 11 de março, via Rede Bem Estar. Para mais informações, os profissionais podem entrar em contato com a Secretaria Escolar da Etsus-Vitória, pelo telefone (27) 3222-2611 ou pelo e-mail [email protected] .

Há previsão de três turmas em 2019. A primeira turma, que abrangerá as regiões de saúde São Pedro e Santo Antônio, será no período de 19 de março a 7 de maio, das 8 às 17 horas, na Etsus-Vitória.

Curso

O curso “Linhas de Cuidado às Pessoas em Situação de Violência” tem 80 horas, é semipresencial e aborda estas temáticas: Violência e Sociedade; Políticas Públicas e Diretrizes de Cuidado; Diversidades e Violência; Violência contra Criança e Adolescente; Violência intrafamiliar ou Doméstica; Violência Sexual; Violência contra a Pessoa Idosa; Violências Autoprovocadas; e Estratégias de cuidado e Redes de Atenção.

“Essa formação é realizada desde 2011 e vem contribuindo para a atenção integral à saúde das pessoas em situação de violência e para uma mudança na prática de acolhimento, cuidado, prevenção e efetivação das notificações de casos em Vitória. Tem caráter intersetorial e visa também ao fortalecimento das redes de proteção”, aponta a diretora da Etsus-Vitória, Sheila Cruz.

O curso é realizado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semus), por meio das Gerências de Vigilância em Saúde (GVS), Atenção a Saúde (GAS) e Etsus-Vitória.

Conteúdo Publicitário