19.9 C
Vitória
terça-feira, 24 maio, 2022

Covid-19: laboratórios privados serão fiscalizados sobre irregularidades nas notificações

esbrasil_softwarer_esus
Os laboratórios privados devem notificar casos negativos e positivos de Covid-19 no “Sistema e-SUS VS” - Foto: Divulgação/Sesa

A fiscalização será feita pela Visa Estadual em, pelo menos, 45 municípios que têm laboratórios privados que notificaram testes de Covid-19 nos últimos cinco meses

Por Wesley Ribeiro 

Ao todo, 82 laboratórios particulares serão fiscalizados no Espírito Santo afim de se averiguar se estão fazendo a devida notificação dos casos de Covid-19 no “Sistema e-SUS VC”, software público do Governo do Estado integrado com os sistemas do Ministério da Saúde (MS).

A necessidade de fiscalização se dá por casos ocorridos na Grande Vitória, em que ois laboratórios privados não divulgados pela Secretaria de Estado de Saúde (Sesa), realizaram poucas notificações e notificações em prazo inadequado, no ano 2022. A situação foi descoberta por meio de um levantamento realizado pela Vigilância Epidemiológica Estadual (Visa) no dia 18 de janeiro.

  • Covid-19: Estado orienta municípios a vacinarem crianças de demais faixas etárias
  • Acesse nossas redes sociais: Instagram e Twitter

Com isso, a Sesa, por meio da Vigilância Sanitária Estadual, está notificando as Vigilâncias Sanitárias Municipais para procederem a fiscalização de laboratórios particulares. O mesmo levantamento será feito pela Visa Estadual em outros 45 municípios que têm laboratórios privados que notificaram testes nos últimos cinco meses. No total, são 82 laboratórios a serem fiscalizados pelas Vigilâncias Sanitárias Municipais.

De acordo com o inciso XXII, Art. 63 da Lei Nº 6.066, de 30 de dezembro de 1999, constitui infração sanitária a conduta de deixar de notificar doença ou outro agravo à saúde, quando tiver o dever legal de fazê-lo. A Vigilância Sanitária Estadual adverte que ao infringir ao inciso XXII, Art. 63 da Lei Nº 6.066/1999 o estabelecimento está sujeito às penalidades de advertência, pena educativa e/ou multa.

De acordo com o chefe do Núcleo Especial da Visa Estadual, Juliano mosa Mação, “a sonegação de informações epidemiológicas de alta relevância para a saúde pública e ao manejo da pandemia é um fato grave.”

esbrasil_laboratorios_particulares
Ao todo, 82 laboratórios privados serão fiscalizados pela Visa Estadual – Foto: Reprodução

“Estamos solicitando às equipes municipais que apurem essas informações com os laboratórios e adotem as providências administrativas necessárias sobre a ausência ou atraso das notificações, bem como em caso de confirmação de irregularidades que determinem que os estabelecimentos adotem imediatamente as medidas necessárias para a adequada notificação de todos os testes de Covid-19 realizados (resultados negativos e positivos), incluindo um levantamento para garantir a notificação de todos os testes”, disse.

Em caso de testes não notificados, a Visa Estadual orienta que seja priorizada a notificação dos resultados mais recentes para os mais antigos, sendo que os laboratórios terão sete dias para digitação de todos os testes feitos e não cadastrados.

“Após a ciência do caso suspeito, o laboratório deve notificar o caso, em no máximo 24h, sendo que o ideal seria a notificação em tempo real durante o atendimento. Para melhor acompanhamento e apuração de irregularidades referentes às notificações pelos laboratórios, farmácias e outros, sugerimos que a VISA municipal solicite a Vigilância Epidemiológica Municipal acesso ao ‘e-SUS VS’”, informou Mação.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade