27.9 C
Vitória
quarta-feira, 30 setembro, 2020

Aplicativos: maioria dos consumidores on-line já usaram

Leia Também

Iluminação pública: Vila Velha passará por modernização

Uma comitiva do Consórcio Empresarial SRE – IP Vila Velha, vencedor da licitação da PPP de Iluminação Pública e melhor classificado no leilão da B3 (Bolsa de Valores de São Paulo), visitou nesta terça-feira (29) o município de Vila Velha.

Orçamento de R$ 18,9 bilhões para 2021

Esse valor é o que está previsto no Projeto da Lei Orçamentária Anual (PLOA) 2021 foi encaminhado, nesta terça-feira (29), pelo Governo do Estado para apreciação e votação da Assembleia Legislativa.

Crédito Verde Banestes: financiamentos reabertos

A linha da categoria Crédito Verde, operada pelo Banestes, foi reaberta pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), por meio do "Programa BNDES Fundo Clima - máquinas e equipamentos eficientes".

Seja para adquisição de um serviço ou compra de um produto, internautas já preferem aplicativos para compras, aponta pesquisa

Os brasileiros vêm se rendendo às compras de produtos e serviços por meio de smartphones. É o que aponta um estudo realizado em todas as capitais pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). Só nos últimos 12 meses anteriores à pesquisa, seis em cada dez (61%) internautas utilizaram o recurso de aplicativos para compras em lojas.

Para os entrevistados, a facilidade de acesso é o que mais estimula a comprar via app (52%), uma vez que a aquisição pode ser realizada pelo próprio celular, de qualquer lugar. Outras razões apontadas são praticidade e rapidez (46%), oferta de produtos ou serviços com melhores preços (41%), além da possibilidade de organizar as compras de acordo com interesses e gosto pessoal (26%).

Conheça os principais itens adquiridos nas compras por aplicativo
Fonte: Pesquisa CNDL/SPC Brasil

“A economia em torno da indústria dos aplicativos deverá crescer de forma exponencial nos próximos anos e o varejo precisa estar de olho nessa tendência, principalmente diante desse novo cenário em que a preferência dos consumidores por apps de lojas vem aumentando. É o momento de as marcas construírem relacionamentos mais próximos a seus clientes e entenderem melhor sobre seus hábitos de consumo, suas necessidades e preferências”, analisa o presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro Júnior.

Outra tendência que vem sendo percebida é o peso das redes sociais na decisão de compra dos brasileiros. Impactados pelos anúncios de grandes varejistas e até mesmo pequenas lojas, um terço dos entrevistados (33%) disse ter adquirido produtos e serviços pelas redes sociais nos últimos 12 meses anteriores à realização da pesquisa. Entre as principais razões, destacam-se rapidez e praticidade (37%), grande volume de ofertas e promoções vindas dos lojistas (36%), preços mais atrativos em relação ao mercado (32%) e melhor interação com o canal de atendimento dos anunciantes (28%).


LEIA TAMBÉM
- Publicidade -

Matérias relacionadas

Guedes: precatório não é fonte saudável, limpa, permanente e previsível

Temos o direito de examinar do ponto de vista de controle de despesas, o exame não é jamais para financiar programa A ou B", completou ministro

Na Cúpula da Biodiversidade, Bolsonaro cita ‘cobiça internacional’ por Amazônia

Em agosto de 2020, o Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) detectou 1.499 km² de desmatamento na Amazônia Legal

Salles reage a promessa de Biden de enviar US$ 20 bi para combater desmatamento

O ministro afirmou que o valor informado por Biden é 40 vezes maior que o Fundo Amazônia

Por ‘fragilidade probatória’, Lindôra desiste de denúncia contra líder do Centrão

Segundo a PGR, o deputado Arthur Lira atuava para assegurar os interesses da empresa na diretoria de abastecimento da Petrobras

Doria diz que SP poderá iniciar vacinação em dezembro; contrato custará US$ 90 mi

De acordo com o presidente do Instituto Butantã, Dimas Covas, sete mil voluntários já receberam o imunizante

Iluminação pública: Vila Velha passará por modernização

Uma comitiva do Consórcio Empresarial SRE – IP Vila Velha, vencedor da licitação da PPP de Iluminação Pública e melhor classificado no leilão da B3 (Bolsa de Valores de São Paulo), visitou nesta terça-feira (29) o município de Vila Velha.

ES Brasil Digital

Continua após publicidade

Fique por dentro

Guedes: precatório não é fonte saudável, limpa, permanente e previsível

Temos o direito de examinar do ponto de vista de controle de despesas, o exame não é jamais para financiar programa A ou B", completou ministro

Economia: pedidos de seguro-desemprego caem 11,6% na 1ª quinzena de setembro

O custo de cada parcela adicional é estimado em R$ 8,35 bilhões, segundo cálculos da equipe econômica obtidos pelo Broadcast

‘Vamos fazer programa de substituição tributária’, diz Guedes

Ricardo Barros (PP-PR), afirmou ainda que não haverá aumento de carga tributária na proposta de reforma que o governo construirá

Conab avalia que Brasil terá segunda maior safra de café em 2020

O 3º Levantamento da Safra 2020 de Café, divulgado hoje (22), em Brasília, pela Companhia Nacional do Abastecimento (Conab), foi estimado em 61,6 milhões...

Vida Capixaba

Hoje é dia da moqueca capixaba

A data, 30 de setembro, foi instituída por meio de lei municipal nº 8.313/12 e faz parte do calendário oficial de Vitória

Outubro Rosa 2020: novo formato, mesmo conceito

O movimento oficial Outubro Rosa 2020 chega em novo formato no Espírito Santo, mas com o mesmo conceito: alertar sobre a importância da detecção precoce do câncer. Afinal, a vida mudou. A forma de cuidar dela, não.

Bate-papo sobre “logística reversa”

A Câmara Técnica de Resíduos Sólidos da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – Seção Espírito Santo (ABES-ES) irá promover um bate-papo online na terça-feira (29), às 19h, com o tema “Logística Reversa”.

Retorno de cirurgias eletivas impulsiona crescimento das plásticas

O aumento da procura por cirurgias atinge todas as faixas etárias e principalmente os jovens.
Continua após publicidade