24.4 C
Vitória
sábado, 4 dezembro, 2021

Como economizar energia, água e gás de cozinha na quarentena?

Algumas atividades consideradas essenciais estão pesando no bolso dos capixabas. Mas o que fazer para evitar altos gastos? Saiba aqui!

Desde a chegada da pandemia do novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil, os governos federal e estadual, empresas públicas e privadas anunciam medidas para estimular a população a ficar em casa, privando-se do contato social, uma medida de extrema importância para reduzir a velocidade do contágio e os impactos em nosso sistema de saúde.

Com o aumento do tempo em casa, podem surgir aumentos nos gastos básicos, como energia elétrica e gás de cozinha. Este último que já preocupa bastante os consumidores uma vez que tem sofrido altas variações nos preços nos últimos meses. A última elevação do valor aconteceu no final de dezembro, com o acréscimo de cerca de 5% anunciado pela Petrobrás.

Mas para não pesar tanto no bolso do capixaba, consultamos especialistas que deram algumas dicas para não “pesar” tanto no seu bolso. Confira!

Gás de cozinha

Durante o isolamento, adultos e crianças ficarão o tempo todo em casa, aumentando assim, a frequência das refeições. Mesmo assim, é possível fazer com que o botijão de 13kg dure mais. Segundo a plataforma Chama, especializada em procura de lojas especializadas em venda de botijões, algumas dicas podem te ajudar a economizá-lo:

  • Pré-aqueça o forno pelo tempo necessário: Alguns alimentos, como assados, requerem o pré-aquecimento do forno, mas não é preciso fazer isso por um longo período. Geralmente 10 minutos antes a 200 ºC fará com que a temperatura fique média e ideal para boa parte dos alimentos.
  • Use panelas proporcionais à boca do fogão: O uso da panela deve ser equivalente ao tamanho da boca do fogão ou há desperdício de gás, pois parte do calor gerado acaba passando para o ar e não para a panela.
  • Use o vapor: Enquanto cozinha outros alimentos, é possível utilizar o vapor do preparo colocando uma escorredeira metálica sobre a panela para cozinhar legumes.
  • Use a tampa da panela: O preparo de pratos como macarrão, por exemplo, permite que o cozimento seja feito com o fogo desligado ao usar a tampa. Para isso, basta deixar a água ferver, adicionar a massa, desligar o fogo e tampar.
  • Evite colocar o fogão perto de lugares que corre muito vento, como: janelas, portas, ventiladores para que assim as chamas não apaguem e o gás escape.

Água

Os vazamentos de água, sejam eles domésticos ou públicos, podem provocar grandes transtornos. Identificar esses problemas é uma das formas mais eficientes de evitar o desperdício de água”, conforme explica o gerente Operacional da BRK Ambiental em Cachoeiro de Itapemirim, Jocimar de Assis Alves.

“Litros e mais litros que poderiam ser destinados ao uso das famílias são perdidos em meio a descargas desreguladas e canos danificados. Esse desperdício causa problemas para toda sociedade, e se identificados, podem gerar até economia na conta de água”, disse ele.

O especialista ainda dá mais dicas, como:

  • Não demore ao tomar banho. Cinco minutos são suficientes para a higienização do corpo e geram economia de 30L a 90L. É melhor ainda se, ao se ensaboar, fechar o registro;
  • Escove os dentes com a torneira fechada, abra-a apenas para enxaguar a escova;
  • Não use o vaso sanitário como lixeira. Evite usar a descarga por mais tempo que o necessário;
  • Limpe o máximo que puder os restos de comida de pratos e panelas antes de lavá-los para gastar menos água durante a lavagem;
  • Enquanto ensaboa a louça, deixe a torneira fechada. Se utilizar máquina de lavar, use-a apenas quando estiver na capacidade máxima;

 Energia elétrica

Com a crescente adesão das empresas ao home office, a Associação Brasileira de Fabricantes e/ou Importadores de Produtos de Iluminação (Abilumi) reuniu algumas dicas de especialistas para economizar energia elétrica com a iluminação, que valem para a quarentena e sempre. Confira as dicas para economizar energia elétrica na quarentena:

  • Só compre lâmpadas LED com o selo do Inmetro na embalagem, o que significa que estão em conformidade com as normas técnicas e de segurança.
  • Verifique na embalagem a quantidade de Lúmens (lm) da lâmpada. Ao comparar modelos com a mesma potência (Watts), escolha a que oferecer mais Lúmens.
  • Se quiser iluminar o cantinho do home office, aposte em luminárias de mesa e abajures, para evitar ligar todas as luzes do ambiente.
  • Apague as luzes sempre que não estiver usando o ambiente. Há ainda a opção de usar lâmpadas LED junto com sensores de presença.
  • Lâmpadas LED dimerizáveis permitem controlar a intensidade da iluminação, reduzem a quantidade de eletricidade que a lâmpada usa e trazem conforto.
  • Em cômodos de descanso e lazer, use lâmpadas de cor amarelada e quente. Em locais que demandam concentração e trabalho, escolha uma luz fria.
  • Ao substituir uma lâmpada, observe tanto o valor de lúmens quanto o de Watts e opte sempre por aquela que consuma menos energia (menos valor de Watts), mas que tenha uma quantidade de lúmens adequada ao tipo de aplicação pretendido.
- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade