22.9 C
Vitória
domingo, 17 outubro, 2021

Comércio se recupera das restrições de funcionamento de 2020

Comércio puxou o crescimento do PIB no primeiro trimestre de 2021. Setor de serviços também ganhou destaque

por Samantha Dias 

Os resultados do Panorama Econômico do ES e do PIB no 1º trimestre de 2021, apresentados pelo Instituto Jones dos Santos Neves IJSN), indicam que o comércio se recupera das perdas contabilizadas pelo fechamento e pela redução das atividades no ano passado por causa da pandemia de covid-19.

O PIB no primeiro trimestre de 2021 apresenta crescimento de 1%, o mesmo verificado na comparação com o mesmo período de 2020. De acordo com o estudo, o desempenho da atividade econômica no Espírito Santo neste trimestre se deve ao comportamento positivo da atividade do Comércio e Serviços, contrabalançada pela retração das atividades industriais. Uma das explicações é que no período as medidas de funcionamento estavam mais flexíveis.

O setor de comércio também puxou o crescimento de 0,7% das atividades econômicas no 1º trimestre de 2021 se comparadas com o 4º trimestre de 2020. O setor de Serviços apresentou crescimento na comparação contra o trimestre anterior (1,5%),
interanual (0,6%) e no acumulado do ano (0,6%).

O comércio varejista ampliado – que inclui os segmentos de Veículos,
motocicletas, partes e peças e Material de Construção – apresentou crescimento de 11,4% na comparação 1º trimestre 2021/1º trimestre 2020.

Um dado de destaque apresentado pelo IJSN é que o volume de vendas do Espírito Santo no acumulado de quatro trimestres ocupou a 6ª colocação no ranking das unidades da
Federação (UF’s), melhor desempenho entre os estados da região Sudeste e acima da média nacional de -1,1%.

Industria

Por outro lado, o resultado negativo da indústria geral capixaba no primeiro trimestre de 2021 (-0,8%) em relação ao trimestre anterior e a queda do acumulado do ano (-4,8%) e no acumulado em quatro trimestres (-12,7%) mostram que o setor ainda não consegui recuperar o seu nível de atividade econômica.

“A indústria ainda não estava com atividade de destaque no primeiro trimestre de 2021, então podemos concluir que o crescimento verificado no comparativo é resultado, em grande parte, da contribuição do comércio”, afirmou o diretor de Integração e Projetos Especiais do IJSN, Pablo Lira. Ele acredita que o Espírito Santo deve fechar o ano de 2021 com indicadores melhores do que o Brasil.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade