25.9 C
Vitória
sábado, 4 dezembro, 2021

Colatina: Casagrande autoriza obras de macrodrenagem e pavimentação

O governador também anunciou o repasse de recursos para construção de um centro de educação infantil no bairro Vicente Soella

O governador do Estado do Espírito Santo, Renato Casagrande, esteve, neste sábado (13), no município de Colatina para autorizar o início de obras de macrodrenagem da bacia hidrográfica do Córrego São Silvano e de pavimentação com Revsol no trecho Gordiano Guimarães a São Salvador (1ª etapa). Também foi lançado o edital da licitação para pavimentação da estrada do Córrego Santa Fé, no trecho que liga a BR-259 ao Aeroporto de Colatina. Casagrande também anunciou o repasse de recursos para construção de um centro de educação infantil no bairro Vicente Soella.

Casagrande destacou a importância desses investimentos que vão trazer mais desenvolvimento e oportunidade aos colatinenses. “Sabíamos que a hora que a pandemia acalmasse um pouco, as pessoas iriam olhar para as outras necessidades. Por isso, em nenhum momento, paramos os investimentos. Estamos fazendo a pavimentação do Polo Empresarial de Colatina e ajudando a consolidar a cidade como um local para atração de investimentos. Temos obras importantes de infraestrutura nos municípios vizinhos. Sabemos que não conseguimos fazer tudo ao mesmo tempo, mas aos poucos vamos dando passos”, afirmou.

Foto: Hélio Filho/ Secom

As obras de macrodrenagem incluem a construção de galerias de águas pluviais nas proximidades do Córrego São Silvano, além de três reservatórios de amortecimento de cheias, tampas de concreto armado em determinados trechos do Córrego e um parque linear, localizado no bairro Carlos Germano Naumann, compreendendo uma área de 270 metros. Serão investidos R$ 19,5 milhões e a previsão de entrega das obras é no segundo semestre de 2022.

“A macrodrenagem é um dos programas mais importantes do Governo. Precisamos fazer a nossa parte e dar um passo adiante para proporcionar muito mais qualidade de vida aos moradores de Colatina. Executando obras de prevenção para que estejamos preparados para as mudanças climáticas que estamos vivendo”, destacou o secretário de Estado de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano, Marcus Vicente.

O secretário explicou que as intervenções vão minimizar os constantes alagamentos que ocorrem na região, os quais impactam na economia dos bairros, assim como acarretam prejuízos aos moradores situados na área de influência. “Essa é uma situação que vem se agravando ao longo dos anos devido ao avanço da urbanização relacionada, principalmente, à impermeabilização de áreas e à construção de residências próximas à calha do Córrego São Silvano. Mais de 25 mil moradores da região serão beneficiados com as obras do Governo do Estado”, afirmou.

Ainda durante a solenidade, o governador Casagrande anunciou o edital de licitação para a obra de pavimentação da estrada do Córrego Santa Fé, trecho que liga a BR 259 ao Aeroporto de Colatina e ao presídio. Com quatro quilômetros de extensão, o investimento é superior a R$ 3 milhões e o prazo para a execução da obra é de seis meses. A obra faz parte do Programa Terra Firme que visa ampliar a atuação do Programa “Caminhos do Campo” na pavimentação de estradas rurais com a utilização do Revsol.

“É uma antiga e importante reivindicação dos moradores, sendo mais um investimento importante para a região. A obra vai beneficiar vários setores e a logística vai fomentar novas oportunidades e também melhorar o conforto e segurança para quem trafega pelo trecho”, pontuou o secretário de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca, Paulo Foletto.

Na oportunidade, também foi dada a Ordem de Serviço para as obras de pavimentação com Revsol no trecho Gordiano Guimarães a São Salvador (1ª etapa), em Colatina. Serão cinco quilômetros de extensão com investimento de R$ 4 milhões.

“Esse programa oferece às áreas com maior densidade da agricultura familiar uma melhor trafegabilidade para os veículos que realizam o escoamento da produção, redução de custos e perdas de produtos perecíveis, além de facilitar a mobilidade da comunidade, especialmente a rural, além de desenvolver o agroturismo. As estradas estando pavimentadas atraem mais turistas para as áreas rurais, gerando novas oportunidades de renda por meio de agroindústrias, pousadas, restaurantes e artesanato rural. Em suma, ao melhorar a infraestrutura rural, também há avanços na qualidade de vida da população residente no campo”, disse o subsecretário de Estado de Infraestrutura Rural, Rodrigo Vaccari.

A agenda incluiu ainda a formalização do repasse de R$ 5.117.995,30 ao Município para a viabilização da construção do Centro de Educação Infantil Municipal (CEIM) no bairro Vicente Soella. A obra visa a atender a demanda por mais vagas no município. Serão construídos três blocos em uma área de quase dois mil metros quadrados. A previsão é de que a obra seja iniciada ainda no primeiro semestre de 2022. Os recursos são oriundos do Fundo Estadual de Apoio à Ampliação e Melhoria das Condições de Oferta da Educação Infantil no Espírito Santo (Funpaes), da Secretaria da Educação (Sedu).

Com informações Secom

 

 

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade