26.4 C
Vitória
domingo, 24 janeiro, 2021

Produção capixaba de café conilon fecha 2017 em alta

O total de sacas de conilon produzidas no Espírito Santo superou a safra do ano anterior e confirma o Estado como maior produtor da variedade.

A produção capixaba de café conilon em 2017 deve ficar fechada em quase seis milhões de sacas. Os dados foram levantados pelo Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper). Segundo o órgão, o total representa um volume 17,5% superior à safra de 2016.

O Espírito Santo enfrentou um período de estiagem em 2017. Apesar disso, o setor de conilon apresentou um bom desempenho, mesmo com redução da área cultivada no Estado ao longo dos anos. O Espírito Santo é responsável por 62,4% da área total cultivada pela variedade no País, com 266,47 hectares cultivados. As informações geradas pelo Incaper foram entregues à Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Arábica

Por outro lado, o café arábica tem estimativa de queda na safra 2017, que deve chegar a 25% em relação a 2016. O Estado deve colher 2,9 milhões de sacas. A queda na produção pode ser explicada pela bienalidade negativa: após um ano de safra alta, o ano seguinte sofre queda na produção. Em 2016, o Estado registrou recorde na produção de arábica, quando foram colhidas 3,9 milhões de sacas.

No geral, a produção capixaba de café caiu em comparação à safra de 2016. A produção de 2017 fechou em 8,8 milhões de sacas beneficiadas, sendo 35,28% de arábica e 64,72% de conilon. O levantamento também indica o tamanho da área em produção no Estado: 385.538 hectares. Já a produtividade média é de 22,9 sacas por hectare.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Professores dão dicas para o segundo dia de provas do Enem

Provas de matemática e ciências da natureza serão aplicadas domingo

Padrão de beleza imposto pela sociedade pode gerar distúrbio

Em tempos de redes sociais e culto à aparência em alta, o chamado Transtorno Dismórfico Corporal encontra terreno fértil para crescer

Enem: Confira o reforço nas linhas de ônibus

Estudantes que farão a prova do Enem nesse fim de semana terão reforço nas linhas de ônibus

Programação especial para a criançada curtir as férias com segurança

Pista de patinação no gelo e arena Sonic são duas das novidades que fazem a alegria da garotada neste verão

Cinco doenças comuns no verão que você pode evitar

Com cuidados básicos é possível se prevenir contra doenças como intoxicação alimentar, conjuntivite, otite, micose e dengue

Duas mil pessoas foram diagnosticas com incapacitações por hanseníase no ES

Pesquisa é da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), que faz campanha pelo diagnóstico e tratamento precoce da doença. Brasil é o segundo País no mundo em números de casos

ES Brasil Digital

ESBrasil-184 - Retrospectiva
Continua após publicidade

Fique por dentro

Série histórica mostra ocupação hoteleira durante a pandemia

Já estão disponíveis no Observatório do Turismo os dados relativos à taxa de ocupação hoteleira relativa ao ano de 2020, nos municípios de Vitória, Vila Velha e Serra

Sicoob inicia 2021 com recordes de movimentações financeiras

Instituição tem atuado para facilitar acesso a produtos e serviços financeiros aos seus mais de 5 milhões de cooperados

Concessão da Codesa: o que muda!

A Federação das Indústrias do Espírito Santo promoveu uma audiência para esclarecer o setor produtivo sobre o processo de desestatização da Codesa, a Companhia Docas do ES

Produção agropecuária de 2020 alcança R$ 871 bilhões

as variáveis determinantes para os resultados estão relacionadas aos preços dos produtos no mercado interno

Vida Capixaba

Mucane e Circuito Cultural de Vitória retomam aulas na próxima segunda-feira

Oficinas presenciais de percussão, cavaquinho, dança afro brasileira na modalidade “Tribal” e capoeira

TOTVS Espírito Santo foi eleita a melhor unidade do Brasil em 2020

A TOTVS é conhecida como a maior empresa de tecnologia do Brasil, e sua unidade do ES foi eleita a melhor unidade do Brasil em 2020

Queijos: segunda maior agroindústria capixaba

Queijos com adição de especiarias e ervas finas, com recheio de geleias de frutas, doce de leite e embutidos, ou até defumados, são algumas versões de queijos capixabas que demonstram a potencialidade do setor
Continua após publicidade