22.1 C
Vitória
quarta-feira, 6 julho, 2022

Café capixaba com selo de origem é exportado pela primeira vez

A comercialização dos cafés dos cooperados no mercado internacional é uma das atividades da Coopeavi. Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

A exportação foi realizada pela Coopeavi, que enviou 19,2 toneladas do produto com Indicação Geográfica e de Procedência para a Itália

Por Amanda Amaral

A Cooperativa Agropecuária Centro Serrana (Coopeavi) realizou o embarque do primeiro contêiner de café conilon com Indicação Geográfica (IG) e com a Indicação de Procedência (IP) do Estado do Espírito Santo. Ao todo foram exportadas para a Itália 19,2 toneladas de grãos com 80 pontos.

Na operação de estreia com a IG, que ocorreu no último dia 06, foram encaminhadas 640 sacas de 30 kg cada para um importador italiano. “Temos certeza de que este é o início de um trabalho com muitos frutos”, disse o gerente executivo de Café da Coopeavi, Giliarde Cardoso.

Qualidade e origem

A IG visa proteger o conilon especial, confirmando sua qualidade e origem, e contempla os cafés produzidos em todo o território capixaba. Segundo Cardoso, a rastreabilidade do conilon capixaba é a maior vantagem em torno do projeto.

Na operação de estreia com a IG foram encaminhadas 640 sacas de 30 kg cada para um importador italiano. Foto: Coopeavi

“Com o selo, conseguimos garantir para o cliente toda uma relação de qualidade e rastreabilidade do produto. Pretendemos, com a IG, avançar cada vez mais numa visão do mercado internacional sobre a qualidade do conilon capixaba, dar visibilidade para o produto e evidenciar a forma profissional como ele é trabalhado no Estado”, destaca o gerente ao ressaltar o empenho da Federação dos Cafés do Estado do Espírito Santo (Fecafés) e de todas as cooperativas na administração do selo.

Exportações 

A comercialização dos cafés dos cooperados no mercado internacional é uma das atividades da Coopeavi. Em 2021, a cooperativa alcançou a marca de mais de meio milhão de sacas comercializadas. Deste volume, mais de 27 mil sacas de café foram exportadas para dez países. Além disso, a Coopeavi, juntamente com a Cooperativa Agraria dos Cafeicultores de São Gabriel (Cooabriel), Cooperativa dos Cafeicultores do Sul do Estado do Espírito Santo (Cafesul) e Cooperativa dos Produtores Agropecuários da Bacia do Cricaré (Coopbac), faz a gestão do IG por meio da Fecafés.

A IG

A IG engloba produtos ou serviços, também previstos na legislação, que têm origem determinada e qualidades vinculadas à origem, sejam elas advindas do saber-fazer, da história, cultura ou fatores naturais, segundo informações do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper).

Com informações da Coopeavi. 

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade