29.9 C
Vitória
domingo, 23 junho, 2024

Nova Orla de São Pedro terá iluminação especial nos deques

Para criar o efeito de céu noturno na água, serão instaladas fibras ópticas e dois projetores

Por Kebim Tamanini

O projeto de reurbanização da nova Orla de São Pedro traz uma novidade no entorno dos píeres. A gestão municipal revelou que pontos de fibras ópticas serão instalados em duas áreas da região, proporcionando a sensação de um céu estrelado sobre o mar.

- Continua após a publicidade -

Para criar o efeito de céu noturno no chão, foram utilizados 35 quilômetros de fibra óptica dispostos em 35 pontos, cada um equipado com dois projetores. Ao todo, são 3.100 pontos de luz espalhados pelo deque, cobrindo uma área de 1.500 metros quadrados, que conduzem os visitantes até dois atracadouros próximos à Praça Dom João Batista, na Ilha das Caieiras.

As fibras ópticas instaladas não possuem valor comercial, pois sua função é exclusivamente transmitir luz. Elas não conduzem dados, calor ou eletricidade, garantindo assim a segurança e tranquilidade para os transeuntes que passeiam pelos deques. O cabo de fibra óptica é transparente, com uma luz intensa na ponta, revestido por uma camada protetora de plástico preto, proporcionando a proteção mecânica necessária.

A estrutura foi instalada abaixo do piso e rejuntada entre as placas de acabamento, resultando em uma aparência praticamente imperceptível durante o dia, com apenas 1,5 milímetro de espessura visível. Esse cuidado estético garante que a beleza do efeito de céu estrelado se destaque especialmente durante a noite, criando uma atmosfera mágica e encantadora.

Todas essas intervenções fazem parte do Programa Vitória de Frente para o Mar, que tem como objetivo requalificar as orlas da cidade por meio do desenvolvimento urbano, incluindo calçadas, ciclovias, píeres, atracadouros, jardins, mobiliário urbano e a implantação e reforma de equipamentos públicos. O investimento total nessas melhorias ultrapassa os R$ 250 milhões, sem contar os valores ainda não divulgados oficialmente pela Prefeitura para a reurbanização da Avenida Beira-Mar.

Orla de São Pedro

As obras da primeira etapa de reurbanização da orla da Grande São Pedro estão 76% concluídas e entram na fase final, que inclui a concretagem de deques, píeres e arquibancadas alagáveis. A Prefeitura de Vitória prevê a conclusão desta parte do projeto até setembro.

A nova orla está sendo financiada pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), com um investimento de R$ 96.033.385,96, para reurbanizar uma área de 1,16 quilômetros na região de São Pedro e Ilha das Caieiras.

Além da orla, o projeto inclui um Centro de Pescado, um anexo do Museu do Pescador, a praça do Caboré, os queimadores de mariscos e uma área de manutenção de barcos, visando não apenas reurbanizar a região, mas também fomentar atividades econômicas locais.

Orla de Santo André a Resistência

O Projeto Vitória de Frente para o Mar contemplará a reurbanização de mais de quatro quilômetros que atravessa os bairros Santo André, Redenção, Nova Palestina e Resistência. Com as obras já iniciadas, a previsão é de conclusão até o final do primeiro semestre de 2026, com um custo de R$ 107.794.883,25.

Orla de Andorinhas a Pontal de Camburi

O investimento previsto para as orlas dos bairros Andorinhas, Santa Luiza e Pontal de Camburi é de R$ 49.998.000,00, com uma área de intervenção de 47 mil metros quadrados. A gestão municipal concluiu a licitação de contratação integrada para execução do projeto básico/executivo e as obras nesta semana.

Em Andorinhas, estão previstos uma rampa de barcos, um atracadouro e um queimador de mariscos; em Santa Luiza, uma academia, uma pergolada e uma nova via à beira-mar; e em Pontal Camburi, a construção de um skate park e de um parque canino.

Orla da Avenida Beira-Mar

A Secretaria Municipal de Obras anunciou que o início da reurbanização da Avenida Beira-Mar foi adiado devido à necessidade de modificar o projeto inicial. Contudo, em abril de 2023, a Prefeitura de Vitória havia anunciado planos para revitalizar quatro quilômetros da avenida, com previsão de início das obras ainda no ano passado. A nova previsão é que as intervenções comecem até o final deste ano, com o edital de licitação a ser publicado até junho.

O projeto abrangerá o trecho que se estende do bairro Bento Ferreira até o Centro, na altura do Porto de Vitória, incluindo a instalação de uma praça, um mirante em uma área alagada, um Serviço de Orientação ao Exercício (SOE) e uma ciclovia contínua.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA