Benny Gantz: “governo de unidade liberal” em Israel

Benny Gantz - Foto: Reprodução

O  ex-chefe militar e líder do partido Azul e Branco, Benny Gantz, será responsável por formar um novo governo em Israel

O presidente de Israel, Reuven Rivlin, convocou o ex-chefe militar e líder do partido Azul e Branco, Benny Gantz, para formar um governo nessa quarta-feira (23). Rivlin deu oficialmente a ele a missão de formar um governo durante uma cerimônia realizada às 20 horas, horário local.

Benjamin Netanyahu renunciou o governo para Benny Gantz. – Foto: Ariel Schalit, Associated Press
NETANYAHU X GANTZ

Netanyahu disse que trabalhou “incansavelmente” para estabelecer um governo de unidade com Gantz, mas afirmou que ele rejeitou suas tentativas.

Integrantes do Azul e Branco disseram na segunda-feira (22) que construirão o “governo de unidade liberal, liderado por Benny Gantz, pelo qual o povo de Israel votou”.

No entanto, a tarefa do novo governador será difícil. O ex-chefe militar manifestou vontade de formar um governo com Netanyahu, caso não continue liderando o Likud, enquanto enfrenta sérias acusações de corrupção.

Entretanto, o Likud não mostra sinais em abandonar Netanyahu. Assim, Gantz terá dificuldade em formar uma coalizão governamental sem o partido. E, se falhar, a maioria dos legisladores votará na aprovação de um terceiro candidato para formar um governo. Se a medida não for aprovada, Israel será forçado a ter uma terceira eleição.

*Da redação, com informações de CBN News 

Leia Também:
Conteúdo Publicitário