26.6 C
Vitória
segunda-feira, 13 julho, 2020

Reta final nas eleições israelenses. Confira a disputa!

Leia Também

Resultado do Sisu sairá amanhã, diz MEC

Mais de 800 mil candidatos disputam 51.924 mil vagas. Saiba mais! Em todo país, mais de 814 mil estudantes estão na expectativa pelo resultado da...

Com resultado apertado, presidente populista é reeleito na Polônia

Do lado adversário, o prefeito Rafal Trzaskowski, da Plataforma Cívica, que governou o país de 2007 a 2015, tentou oferecer uma alternativa progressista nas...

Racismo e violência contra criança e adolescente são desafios do país

Dia do ECA: Estatuto da Criança e do Adolescente foi publicado há exatos 30 anos. Confira! Publicado há 30 anos, o Estatuto da Criança e...

Brasil registra 631 mortes por covid-19 em 24 horas

Desde o início da pandemia, país registrou 72,1 mil mortes pela doença. Saiba mais! O Brasil registrou 631 óbitos pelo novo coronavírus em  24 horas, entre o...

Nesta terça-feira (17) dia das eleições israelenses, o Estado Judeu revela algumas incertezas quanto o resultado final das urnas

Nesta terça-feira (17) é o dia das eleições nacionais israelenses. Em menos de seis meses, é a segunda vez que os eleitores de Israel vão votar. Isso ocorreu porque o primeiro-ministro Benjamin-Netanyahu não conseguiu reunir a maioria dos assentos para formar um governo, após as eleições de abril.

Existem 30 partidos para os israelenses escolherem, dentre eles o Likud de Netanyahu, e o azul e branco, liderado pelo ex-chefe do Estado Maior das Forças de Defesa de Israel, general Benny Gantz.

As pesquisas revelam que os dois oponentes estão bem equilibrados na liderança das pesquisas. Entretanto, partidos de direita como Ayelet Shaked Yamina, o centrista do Avigor Liberman, Israel Beiteinu, e a Lisata Árabe Unida integram a disputa.

ANALISTA POLÍTICO

Segundo o comentarista político Shmuel Rosner existem dois pontos principais que os israelenses enfrentam nessas eleições.

Comentarista político israelense, Shmuel Rosner, dissem que dois pontos principais que os israelenses enfrentam nessas eleições. – Foto: Divulgação

“Um é o tópico que tínhamos em abril, o mesmo sobre o qual votamos há meio ano, e essa é a questão de se o primeiro-ministro Netanyahu, o primeiro-ministro mais antigo da história de Israel, manterá seu emprego”, declarou Shmuel, que complementou que essa batalha definirá o futuro do Estado Judeu.

O comentarista acrescentou que esta não é a questão da direita contra a esquerda, não se refere aos palestinos, ao Irã, à economia ou à corrupção, trata-se dessa pessoa e se queremos que ele continue como primeiro-ministro de Israel.

“A segunda questão, e isso é novo para esta eleição, é para garantirmos que não teremos um terceiro turno. Um dos resultados que os israelenses não gostariam de ver após esta eleição é que precisamos votar pela terceira vez em um ano ou um ano e meio”, revelou Shmuel.

OPINIÃO NAS RUAS DE ISRAEL

Segundo israelenses que estavam nas ruas, em específico no mercado de Mahayne Yehuda, Jerusalém, alguns pontos vão definir as eleições. Sob o mesmo ponto de vista, segurança, questões sociais, educação e sobreviventes do holocaustos, são questões decisivas.

“Bibi Netanyahu, porque acho que ele está funcionando bem e não quero o lado esquerdo do mapa”, disse Edna.

“A melhor opção é Bibi Netanyahu, como se eu não fosse um dos fãs dele, não concordo com ele, mas acho que ninguém pode substitui-lo agora”, disse David.

Em Tel Aviv, o centro econômico do país, muitos israelenses não quiseram comentar. Entretanto em Rothschild Street, uma das ruas mais famosas da cidade, e onde o Estado Judeu começou, alguns revelaram sua opinião.

“Acho que quero ver Gantz como o próximo primeiro-ministro de Israel. Eu acho que a situação atual não é tão boa para nós; politicamente, globalmente, acho que podemos mudar muitas coisas”, disse Lior.

“Nós não sabemos quem escolher. Tipo, é uma decisão realmente difícil. Eu acho que irei por Gantz, mas não sei; talvez, Gantz ou Liberman, todos, exceto Bibi ”, disse Moshe.

RESULTADO DAS ELEIÇÕES

Segundo Rosner, existem dois resultados básicos para esta eleição. O primeiro é Netanyahu e sua coalizão para conseguir 61 assentos, e que a formará com os partidos de direita, partidos religiosos, e seguirá as últimas políticas dos últimos cinco anos.

“O segundo resultado possível é o desconhecido: o acampamento de Netanyahu não tem 61 assentos e haverá muitas manobras. Terá que haver algum tipo de coalizão de unidade”, revelou o comentarista, que que levantou algumas perguntas.

“É Netanyahu, é o general Gantz? São os dois, com algum tipo de rotação? Alguém do Likud que não é Netanyahu? Portanto, existem muitas complicações”, destacou.

Depois dos resultados desta terça-feira (17), os resultados devem ficar mais claros, e novos desafios vão surgir, pois Netanyahu ou Gantz tentarão formar o próximo governo.

*Da redação, com informações de CBN News 

Leia Também:

Israel promete ataque na Faixa de Gaza

Continua após a publicidade

ES Brasil Digital

Continua após publicidade

Fique por dentro

Chefe ou líder? O que você é?

Entende-se que uma das características mais importantes de um líder é desenvolver uma equipe que seja capaz de funcionar sem ele

Tecnologia faz produção de café conilon “pocar” no Norte do ES

Quem apostou em sistemas de irrigação modernos, aliados ao manejo correto integrado, já começa a colher os primeiros frutos de uma tecnologia que veio para ficar.

Feirão Limpa Nome: seis passos antes de renegociar!

Mas antes de ir para a etapa de negociações é importante que o consumidor conheça seus números e faça uma faxina financeira.

CNI: confiança dos empresários da indústria melhora pelo 3ª mês seguido em julho

As expectativas com relação aos próximos seis meses já são otimistas", destacou a CNI, no documento. Confira! Por Eduardo Rodrigues (AE) Após bater no fundo do...

Vida Capixaba

Mães à beira de um ataque de nervos

Não há descanso para as mamães, em casa, durante a pandemia Por Letícia Vieira Patrícia achou estranho o silêncio repentino, fazia meses que aquilo não acontecia:...

Escolas de Vila Velha são notificadas por não dar descontos nas mensalidades

As instituições privadas de ensino que não estão aplicando o desconto previsto na Lei Estadual nº 11.144/2020, válida a partir do dia 19 de junho.

Tempo instável neste fim de semana no ES. Confira a previsão!

Uma frente fria se afasta lentamente em direção ao norte do Espírito Santo, mas o tempo permanece com muitas nuvens e poucas aberturas de sol na maior parte do Estado.

Famílias têm papel fundamental na relação da criança com mundo digital

Rotinas offline ajudam a criança a desenvolver autorregulação. Saiba mais! Durante a pandemia de covid-19, os dispositivos eletrônicos com acesso à internet se tornaram...
Continua após publicidade