24.9 C
Vitória
domingo, 26 maio, 2024

Beatriz Ferreira disputa título mundial antes de Paris-2024

Bia, que tem o apelido de “A Besta”, se destaca pela velocidade, variedade de golpes e grande ritmo durante todos os rounds dos combates

A boxeadora Beatriz Ferreira poderá realizar dois feitos inéditos em 2024. Ser campeã mundial profissional e ganhar a medalha de ouro olímpica. Nesta segunda-feira, a empresa britânica Matchroom, que cuida da carreira da brasileira, anunciou sua próxima luta, dia 27 de abril, em Liverpool, na Inglaterra, diante da argentina Yanina del Carmen Lescano pelo título dos pesos leves (61,235 quilos/ 135 libras) da Federação Internacional de Boxe (FIB).

Beatriz, de 31 anos, soma apenas quatro lutas no boxe profissional, com dois triunfos por nocaute. Mas seu desempenho foi elogiado por técnicos, lutadoras e jornalistas especializados, o que a levaram para a condição de poder disputar o cinturão, que foi abdicado pela estrela irlandesa Katie Taylor.

- Continua após a publicidade -

Bia, que tem o apelido de “A Besta”, se destaca pela velocidade, variedade de golpes e grande ritmo durante todos os rounds dos combates.

O planejamento inicial da boxeadora e de Mateus Alves, seu treinador, era disputar o título mundial somente após a Olimpíada de Paris, mas a oportunidade de se tornar campeã mudou os planos.

No boxe olímpico, Bia soma 101 vitórias (17 nocautes) e apenas nove derrotas. A brasileira é bicampeã mundial, foi medalha de prata na Olimpíada de Tóquio e soma mais de 30 pódios consecutivos em competições internacionais.

Lescano, sua adversária na disputa do título mundial, tem 28 anos e soma 17 lutas, com 14 vitórias (quatro nocautes) e três derrotas. Com informações Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA