21.6 C
Vitória
domingo, 14 DE julho DE 2024

Avenida Beira-Mar receberá obras de requalificação

Projeto de reurbanização da via faz parte do programa “Vitória de Frente para o Mar”, da prefeitura municipal

Por Otávio Gomes*

A Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, conhecida popularmente como Beira-Mar, irá receber obras de requalificação de 4,2km de extensão da via. Ação faz parte do programa “Vitória de frente para o Mar”, que contempla obras de reurbanização das orlas do município.

- Continua após a publicidade -

O edital para a contratação das obras foi publicado pela Prefeitura do município na última quarta-feira (19). A reurbanização da avenida contempla o trecho que vai desde o Porto de Vitória, no Centro, até as proximidades do Hortomercado, na Praia do Suá.

Os trabalhos foram orçados em R$ 120.468.011,20, e terá prazo de execução de 720 dias corridos após a assinatura da ordem de serviço. A empresa que vencer a licitação será contratada na modalidade integrada de empresa ou consórcio especializado e ficará responsável pela elaboração dos projetos básico e executivo de engenharia, além da execução das obras.

Anúncio das obras

O lançamento do edital ocorreu na sede da Prefeitura Municipal de Vitória (PMV) e foi marcado pela presença de comerciantes, agremiações esportivas e moradores e demais representantes da sociedade civil que serão beneficiados pelos trabalhos.

O prefeito Lorenzo Pazolini explicou que as obras têm o objetivo de dar um salto de qualidade no uso dos espaços públicos pela população de Vitória, como também impulsionar o turismo na capital do Estado. “Vamos ter uma nova concepção urbana na região. Vamos ter píeres, deques, ciclovia, passarela para pedestres e áreas de contemplação da baía de Vitória. A avenida Beira-Mar deixa de ser um ponto de passagem de veículos e passa a ser um ativo turístico para a cidade”, disse o prefeito.

“Você poderá visitar Mercado da Capixaba. Se for de carro, deixá-lo no estacionamento público ao lado da praça Getúlio Vargas, que vamos reurbanizar, junto com o mirante do porto. Visitar o Viaduto Caramuru e o Museu Capixaba do Negro e retornar pela avenida Beira-Mar, caminhando até o Hortomercado, na Enseada do Suá. Essa intervenção, junto com as obras concluídas e as já citadas em andamento, vão agregar muito para o turismo do Espírito Santo”, completou Pazolini.

Detalhamento das ações

O secretário de Desenvolvimento da Cidade e Habitação Luciano Forrechi expôs o anteprojeto das obras para o público presente e explicou os benefícios da requalificação.

“Esta intervenção urbanística vai permitir que as pessoas acessem essa área com mais qualidade e segurança. Enfim Vitória vai dar dignidade para os moradores e quem transita por essa região, seja de carro, bicicleta, a pé ou com embarcações”, disse Forrechi.

O anteprojeto prevê a implantação de equipamentos urbanos, como playground e academia popular, deques que se estendem sobre margem d’água e ampliam o espaço da calçada, além da distribuição de mobiliário, como bancos, mesas e espreguiçadeiras, criando espaços de lazer ao longo percurso. O planejamento ainda prevê a melhoria das calçadas, a reforma e conexão entre os trechos de ciclovias, construção de uma nova edificação para o Serviço de Orientação ao Esporte (SOE), novas baias para ônibus e um novo mirante.

A intervenção foi divida em 4 segmentos:

1. Ampliação: Conecta o Porto de Vitória ao Clube de Regatas Saldanha da Gama, com extensão total de 1,13km.

2. Urbanização: Trecho onde atualmente possui ciclovia, com extensão total de 0,82km.

3. Requalificação: Trecho entre o DER-ES e o Clube Álvares Cabral, com extensão total de 0,69km.

4. Geometria: Trecho entre o Clube Álvares Cabral até o Horto Mercado, com extensão total de 1,56km.

A demanda está contemplada no planejamento estratégico do município denominado “Plano Vitória – Planejamento Estratégico 2021- 2024” nas Ações referentes às obras de urbanização.

Confira as demais obras do programa “Vitória de Frente para o Mar”

Concluída

  • Reurbanização da Curva da Jurema – R$ 5 milhões

Em execução

  • Nova Orla da Grande São Pedro 1-A – R$ 96 milhões
  • Nova Orla da Grande São Pedro 1B – R$ 107 milhões

Aguardando ordem de serviço

  • Orla 2C de Andorinhas, Santa Luiza e Pontal de Camburi – R$ 51 milhões
  • Reurbanização da Praça Getúlio Vargas e Mirante do Porto – R$ 8 milhões
  • Engordamento da Curva da Jurema – R$ 30 milhões

Em licitação

  • Urbanização do Canal de Camburi – 1ª Etapa – R$ 220 milhões

*Sob supervisão de Erik Oakes

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 222

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA