26.6 C
Vitória
domingo, 14 abril, 2024

Aquaviário: de Vitória a Vila Velha em 5 minutos

Governo realiza testes na primeira embarcação do novo Sistema Aquaviário

Por Rafael Goulart

As atividades do novo Sistema Aquaviário estão perto de começar. Na quarta (15) o governo, junto com as prefeituras, realizou um evento teste e apresentou à imprensa a primeira embarcação entregue. 

- Continua após a publicidade -

O barco lembra um catamarã, conta com ar-condicionado, wi-fi, televisão, bicicletário  e está integrado ao sistema Transcol, assim os passageiros poderão desembarcar e seguir até um ponto de ônibus próximo para, dentro do tempo limite, embarcar no coletivo rodoviário sem ter que pagar outra passagem.

Essa primeira embarcação tem capacidade para 90 pessoas e não é permitido o transporte de passageiros em pé. As estações da Prainha, Praça do Papa e Porto de Santana estarão prontas para funcionar na inauguração do sistema. 

O governo aguarda ainda a chegada de duas outras embarcações, uma do mesmo modelo da primeira que deve chegar em abril e uma outra de dois andares que fará exclusivamente o trajeto Vitória – Vila Velha já que barcos mais altos não conseguem passar por baixo das Cinco Pontes. Também está planejado a entrega de mais duas estações com locais ainda a serem definidos.

O secretário de mobilidade e planejamento Fábio Damasceno garantiu que este percurso durará de 5 a no máximo 6 minutos. Já o trajeto Vitória – Porto de Santana pode durar até 40 minutos. O sistema começará a funcionar com duas embarcações no primeiro momento. Quando as três embarcações estiverem funcionando a expectativa é de atender 4 a 5 mil usuários por dia.

Mais conforto

Além de não ter que se espremer dentro do coletivo, os passageiros do aquaviário poderão desfrutar de uma bela vista da baía de Vitória. Saindo da Praça do Papa a primeira vista é a Terceira Ponte com o Convento da Penha e o Porto de Tubarão ao fundo.

Navegando mais um pouco, de um lado da embarcação é possível ver o Morro Jesus de Nazareth e o tradicional Restaurante do Bigode, já do outro lado é possível ver a área da Marinha na Prainha e algumas ilhas do arquipélago de Vitória com natureza bem preservada. 

A viagem para Porto de Santana passa pelo Centro de Vitória e será uma oportunidade única de ver este bairro histórico deste ângulo, principalmente ao passar pelo Porto de Vitória e seus antigos galpões.

Para finalizar, o “Transcol sobre as águas” passa por baixo das Cinco Pontes e  da Segunda Ponte, depois vai até Porto de Santana passando por uma parte do Canal de Vitória pouco explorada mas com uma natureza exuberante.

“A paisagem é linda, por isso que as pessoas que já usaram no passado tem tanta expectativa de voltar a usar”, explicou o governador Renato Casagrande.

A viagem segue um ritmo tranquilo (máximo 10 nós) e em dia de mar pouco agitado não tem balanço já que a embarcação possui dois cascos, estilo catamarã, o que diminui o movimento que deixa as pessoas “mareadas” (enjoadas).

Outra vantagem é não correr o risco de ficar preso em engarrafamentos, além de evitar muita poluição sonora.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 220

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA