Governo do Estado anuncia 28 mil consultas oftalmológicas

es brasil_28 mil consultas
Governo anuncia 28 mil consultas e exames - Foto: Hélio Filho/Secom

Além de consultas, o anúncio feito pelo governo do Estado inclui ainda exames oftalmológicos. Os procedimentos são destinados a moradores da Região Metropolitana

A segunda etapa do programa Saúde Fácil oferece 28 mil consultas e exames oftalmológicos. O anúncio foi feito nesta sexta-feira (07), pelo governo do Estado. O objetivo é diminuir a fila de espera no Estado e dar celeridade ao atendimento especializado.

Ao todo, serão investidos R$ 842 mil com os atendimentos. As consultas serão oferecidas no Hospital Evangélico de Vila Velha, já credenciado ao programa.

 

O programa vai ofertar 87 mil consultas, sendo 58 mil de oftalmologia e o restante em outras especialidades médicas. Na Região Metropolitana, estão sendo credenciados hospitais filantrópicos e empresas privadas por meio da tabela SUS Capixabas, que será publicada na próxima segunda-feira (10).

“Estamos construindo essa estrada que antes não existia. Agora estamos ampliando essa rodovia para que possamos ir pavimentando. Treinando médicos, dentistas e enfermeiros para que sejam resolutivos”, disse.•.

A Região Metropolitana de Saúde é composta por 20 municípios. Afonso Cláudio, Brejetuba, Cariacica, Conceição do Castelo, Domingos Martins, Fundão e Guarapari. Mais Ibatiba, Itaguaçu, Itarana, Laranja da Terra, Marechal Floriano e Santa Leopoldina. Inclui ainda Santa Maria de Jetibá, Santa Teresa e Serra. Além Venda Nova do Imigrante, Viana, Vila Velha e Vitória.

Os editais do Saúde Fácil foram publicados por região para garantir que as consultas sejam ofertadas o mais próximo possível de onde o usuário reside. Assim, ele poderá ser atendido mais próximo de casa.

A primeira etapa do Saúde Fácil foi lançado em Cachoeiro de Itapemirim, contemplando 26 municípios da macrorregião. Foram disponibilizados 28 mil consultas nas especialidades de oftalmologia, otorrinolaringologia, dermatologia, cardiologia, gastroenterologia e ortopedia.

Credenciamento

O credenciamento das instituições para a realização de consultas e exames será de forma regionalizada para evitar o deslocamento dos pacientes do interior para a Grande Vitória.

A intenção é que esses serviços fiquem mais próximos da população. Em outubro do ano passado, a Secretaria da Saúde (Sesa) lançou editais para o credenciamento de instituições privadas, com fins lucrativos e sem fins lucrativos, interessadas em participar do programa.

No total, o Governo do Estado investirá R$ 2.634.090,00 para ofertar mais de 87 mil consultas direcionadas às quatro regiões de saúde do Espírito Santo.

SUS Capixaba

Inovação no sistema de saúde capixaba por meio dos credenciamentos e acesso a consultas médicas especializadas. Descentraliza o serviço de saúde e leva assistência médica especializada para mais perto da população dentro da sua região.

*Da redação, com informações do Governo ES.