Crivella escapa de processo de Impeachment

Prefeito do Rio de Janeiro Marcelo Crivella
Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Por 29 votos a 16, os vereadores da Câmara do Rio de Janeiro rejeitaram abrir investigação contra o prefeito.

A Câmara Municipal do Rio de Janeiro negou nesta quinta-feira (12) por 29 votos a 16, o pedido de impeachment contra o prefeito, Marcelo Crivella (PRB). Por 29 votos a 16, os vereadores da rejeitaram abrir investigação contra o bispo licenciado da Igreja Universal do Reino de Deus.

Crivella era acusado de cometer os crimes de responsabilidade e improbidade administrativa. O prefeito teria oferecido vantagens aos fiéis da Igreja Universal, da qual é pastor licenciado, durante uma reunião no Palácio da Cidade.

Os vereadores do Rio de Janeiro interromperam o recesso do meio de ano para analisar a admissibilidade de pedidos de abertura de impeachment do prefeito Marcelo Crivella (PRB). Os 51 vereadores foram convocados pelo presidente da Câmara Municipal, Jorge Felippe (MDB), para uma sessão extraordinária.

*Com informações da Agência Brasil


Leia mais
Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!