Edição 130

 

Mesmo respondendo pela geração de 109 mil postos de trabalho somente no ano passado, o setor siderúrgico do país parece estar sentindo os efeitos da queda global nos preços das commodities e da crise político-econômica nacional. Basta vermos os dados divulgados pelo Instituto Aço Brasil (IABr), que apontam retração de 1,9% na produção acumulada de aço bruto e de 9,2% entre os laminados em 2015. Uma realidade que, apesar de preocupante, se mostra bastante diferente do quadro registrado no Espírito Santo, que vem apresentando resultados positivos e se mantendo como terceiro maior fornecedor nacional. Qual o segredo para todo esse sucesso? Leia em nossa matéria. Você, empresário ou colaborador, já se imaginou exercendo suas tarefas profissionais dentro de casa? Esse modelo até há pouco tempo poderia ser inviável, mas de uns anos para cá vem sendo cada vez mais frequente, com a prática do home office. E os benefícios da tendência são infinitos, tanto para os que demandam quanto para os que executam o serviço. Entre eles está o aumento da satisfação e da produtividade. Isso sem contar com a redução de custos que é gerada dentro da organização: um fator extremamente importante para enfrentar este período de recessão sem muitos transtornos. Saiba quais são as principais vantagens dessa nova forma de trabalho e veja como aplicá-la no seu dia a dia. Novos capítulos da história da política brasileira se desenharam neste mês de maio, com a aprovação da abertura do processo de impeachment de Dilma Rousseff, afastada da presidência da República por até 180 dias. E mesmo que o humor do mercado tenha melhorado um pouco nas primeiras semanas em que Michel Temer assumiu o poder, as dúvidas quanto à capacidade do Governo interino de tomar medidas que levem a uma recuperação da economia ainda pairam no ar. Ainda mais com a indicação de sete ministros que também tiveram seus nomes incluídos nas investigações da Operação Lava Jato. O que deve se desenrolar a partir de agora? A importância da inovação como ferramenta essencial para o desenvolvimento do Estado e do país foi tema de mais uma edição do ES Brasil Debate, evento que contou com a participação de renomados especialistas, que puderam falar sobre os principais caminhos a serem seguidos para alcançarmos avanços ainda mais significativos na área. Não deixe de acompanhar. A revista ES Brasil traz ainda uma entrevista com Marcilio Machado, presidente do Sindicato do Comércio de Exportação e Importação do Estado (Sindiex), entidade que completou 24 anos em maio; além de nossas colunas e dos principais fatos que movimentaram o Espírito Santo e o país ao longo do mês.Boa leitura.

Mário Fernando Souza, diretor-executivo da Next Editorial e editor-executivo da ES Brasil

 

Compartilhe

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome