Cacá Diegues entra para a Academia Brasileira de Letras

Foto: Reproduação

O cineasta foi eleito para ocupar a cadeira nº 7 da Academia

O cineasta José Fontes Diegues, conhecido como Cacá Diegues, é o novo eleito para ocupar uma cadeira na Academia Brasileira de Letras (ABL). A votação foi feita nessa quinta-feira (30) por escrutínio secreto.

Cacá ocupará a cadeira 7 da Academia, fundada por Machado de Assis. A mesma cadeira pertenceu ao também cineasta Nelson Pereira dos Santos, morto em abril deste ano.

De acordo com a Agência Brasil, ele concorreu com mais dez candidatos, entre eles a escritora Conceição Evaristo e o diplomata Pedro Corrêa do Lago. Dos atuais 39 membros, apenas cinco são mulheres.

Já ocuparam a mesma cadeira Valentim Magalhães (fundador), que escolheu o poeta baiano Castro Alves como patrono. Euclides da Cunha, Afrânio Peixoto, Afonso Pena Júnior, Hermes Lima, Pontes de Miranda, Dinah Silveira de Queiroz e Sergio Corrêa da Costa também se sentaram neste mesmo lugar.

Cacá Diegues

O pernambucano Cacá Diegues nasceu em 19 de maio de 1940, e é um dos fundadores do Cinema Novo. Foi casado com a cantora Nara Leão, da qual se separou em 1977, 12 anos antes de ela falecer.

A maioria dos 18 filmes que realizou foi selecionada por grandes festivais internacionais, como Cannes, Veneza, Berlim, Nova York e Toronto, entre outros.

*Com informações da Agência Brasil

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!