23.3 C
Vitória
segunda-feira, 27 maio, 2024

Vasco e Nova Iguaçu empatam na semifinal do Carioca

 

“O Nova Iguaçu não se intimidou e abriu o placar com Xandinho. O Vasco buscou o empate com Lucas Piton.

Vasco e Nova Iguaçu fizeram um jogo frenético e recheado de oportunidades pela ida das semifinais do Campeonato Carioca, empatando por 1 a 1. Na tarde deste domingo (10), em um Maracanã lotado com mais de 60 mil torcedores, o Nova Iguaçu não se intimidou e abriu o placar com Xandinho. O Vasco buscou o empate com Lucas Piton. A partida ainda teve quatro bolas na trave, duas para cada lado.

A primeira metade da etapa inicial contou com chances para os dois lados. O Vasco assustou três vezes com Clayton, reforço que estreou neste domingo. O goleiro defendeu a primeira, o zagueiro cortou na hora certa na segunda e a terceira foi para fora, perto da trave. Lucas Piton, mesmo com o pé direito, também chutou de fora da área, exigindo grande defesa do goleiro Fabrício Santana.

- Continua após a publicidade -

Além de chances alternadas com o Vasco, o Nova Iguaçu dominou a metade final do primeiro tempo. Yan Silva e Yago Ferreira acertaram a trave. Carlinhos também arriscou de fora da área, mas Léo Jardim defendeu. O goleiro, aliás, foi destaque do Vasco nos minutos finais com várias intervenções.

No segundo tempo, porém, o Vasco não resistiu e o Nova Iguaçu abriu o placar aos sete minutos. Após a bola ficar viva na área, Xandinho chutou de calcanhar e marcou. No início da jogada, o VAR analisou um possível impedimento, mas validou o gol, apesar da demora. A divulgação da imagem causou polêmica porque apenas uma linha foi traçada e não estava no jogador do Vasco.

A partida seguiu ‘lá e cá’. Payet e Vegetti tentaram para o Vasco, enquanto Carlinhos quase marcou por cobertura para o Nova Iguaçu, mas Léo Jardim salvou. O Vasco quase empatou com Payet. Após ajeitada de cabeça de Lucas Piton, o francês pegou de primeira e acertou o travessão.

Carlinhos teve outra oportunidade na grande área e chutou de biquinho, mas Léo Jardim fez outra grande defesa. Aos 33, porém, o Vasco conseguiu furar a defesa em lance de bola parada. Payet cobrou falta na segunda trave, Sforza ajeitou e Piton, também de cabeça, mandou para o gol.

O gol animou o Vasco, que se lançou ainda mais para o ataque. Payet ficou com sobra na entrada da área e acertou a trave outra vez, se lamentando bastante. Com o avanço do Vasco, o Nova Iguaçu tentou encaixar contra-ataques e Bill quase fez o segundo, se não fosse outra defesa de Léo Jardim.

A partida seguiu movimentada até o apito final, mas o empate prevaleceu no placar. Entretanto, ainda deu tempo de uma confusão entre jogadores, que resultou nas expulsões de Matheus Carvalho, do Vasco, e Fernandinho, do Nova Iguaçu, que serão desfalques para o jogo de volta.

Flamengo derrota o Fluminense e fica muito perto da final do Campeonato Carioca

Com um gol de Everton no primeiro tempo e outro de Pedro no segundo, o Flamengo derrotou o Fluminense, por 2 a 0, neste sábado(09), no Maracanã, no duelo de ida da semifinal do Campeonato Carioca. Com o resultado, o time do técnico Tite poderá até perder na semana que vem para garantir vaga na decisão. A equipe tricolor terá de ganhar por três gols de diferença.

O primeiro tempo foi todo dominado pelo Flamengo. Jogando pelas pontas e abastecendo o centroavante Pedro com bolas alçadas na área, o time rubro-negro somou várias oportunidades, sem deixar que o rival saísse de seu próprio campo.

Cebolinha e De la Cruz levaram perigo à meta de Fábio, mas foi Pedro o responsável pelo lance mãos bonito dos primeiros 45 minutos. De tanto tentar os cruzamentos, o Flamengo teve êxito aos 46 minutos. Pulgar cruzou da direita e Everton surgiu rápido pela esquerda para enfiar a cabeça na bola. Fábio não teve tempo para reagir: 1 a 0, Flamengo. Os primeiros 45 minutos terminaram com o placar justo.

A resposta do Fluminense veio aos 15 minutos. Depois da bola ficar rondando a área do Flamengo em três momentos, Arias perdeu a chance do empate. Aos 17 minutos, o Fluminense passou a jogar com dez homens, após a expulsão de Thiago Santos, depois de cometer falta violenta em Everton.

Mas o placar de 1 a 0 era pouco para o Flamengo. Justiça se fez aos 45 minutos, quando Pedro, de cabeça, fez o segundo gol rubro-negro. O atacante chegou a nove gols em nove jogos do Carioca.O prejuízo do Fluminense poderia ter sido maior, mas Fábio fez grande defesa em forte finalização de Pedro, aos 49 minutos. ( Com informações de Agência Estado)

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA