14.9 C
Vitória
quarta-feira, 29 junho, 2022

Saúde: Brasil tem três casos suspeitos de coronavírus

Ministro da Saúde alerta sobre suspeitos de coronavirus
O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, durante entrevista coletiva para atualizar o boletim sobre o novo coronavírus da China

Ministério da Saúde confirmou que há notificação de pacientes com suspeitas do vírus em MG, RS e PR

O Ministério da Saúde confirmou ao final da tarde desta terça-feira (28) que há três casos suspeitos de coronavírus no Brasil. Uma estudante de 22 anos, internada em Belo Horizonte, uma pessoa em Porto Alegre (RS) e outra em Curitiba (PR).

Nos últimos 15 dias, os três pacientes viajaram à China, país onde a contaminação teve início. Todos eles se enquadram na definição de caso suspeito. Apresentaram febre e pelo menos um sinal ou sintoma respiratório.

Suspeitos de Coronavírus

No período de 3 a 27 de janeiro, foram analisados 7.063 pessoas com possibilidade de coronavírus no Brasil. Desses, 127 exigiram a verificação mais detalhada e apenas o caso da estudante em Belo Horizonte havia sido enquadrado como suspeito.

A epidemia tem se espalhado rapidamente pela Ásia, atingindo também países europeus e da América do Norte. Por isso o Ministério da Saúde recomenda que brasileiros evitem viagens à China.

“Nós desaconselhamos e não proibimos as viagens à China. Não se sabe, ainda, qual é a característica desse vírus que é novo; sabemos que ele tem alta letalidade. Não é recomendável que a pessoa se exponha a uma situação dessas e depois retorne ao Brasil e exponha mais pessoas. Recomendamos que, não sendo necessário, que não se faça viagens, até que o quadro todo esteja bem definido”, declarou o ministro Luiz Henrique Mandetta.

Espírito Santo

A Secretaria da Saúde do Espírito Santo (Sesa) está estruturando um Plano Estadual de Enfrentamento e Controle do novo coronavírus. Nesta quinta-feira (30), ele será analisado numa reunião entre Sesa e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). As diretrizes relacionadas à doença serão elencadas. E, assim, estabelecidas ações imediatas de prevenção e também de controle no Estado.

Por nota, a Sesa informou que “desde que o Ministério da Saúde alertou sobre a possível chegada do vírus no país, as vigilâncias municipais e a rede de saúde foram subsidiadas com informações referentes a identificação de sintomas desencadeados pelo novo coronavírus”. E também que todos já estão orientados e instruídos a notificar a Sesa em caso suspeito.

Ainda segundo a nota, todos os esforços estão sendo adotados para preservar a saúde dos capixabas e, até o momento, não há notificação de casos suspeitos no Espírito Santo.

 

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade