24.4 C
Vitória
quinta-feira, 27 janeiro, 2022

Segmento de beleza fechou o ano entre os principais negócios

Amanda Buarque, esteticista precisou se reinventar durante pandemia

No dia do Esteticista e da Manicure, o setor mostra que, apesar das reduções na formalização, ainda é destaque na abertura de negócios

Por Leulittanna Eller Inoch 

As restrições impostas pela pandemia não tiraram do setor da beleza o seu lugar de destaque entre os três principais negócios abertos em 2020.

Quando o assunto é cabeleireiro, manicure e pedicure, de janeiro a novembro do ano passado, foram abertos, no Espírito Santo, 3.135 mil novos negócios. Já se tratando da estética, 1.098 mil novos empreendedores se dedicaram ao ramo.

Apesar dos números, a realidade de quem atua no segmento é um pouco diferente. O setor é o 6º que mais sentiu os impactos da pandemia no faturamento. Se comparamos apenas a atividade de manicures, pedicures e cabeleireiros, houve uma diminuição no número de empresas abertas em relação a 2019. Enquanto isso, o segmento da estética viveu um tímido crescimento nas formalizações.

Na avaliação do gerente de competitividade e produtividade do Serviço de Apoios às Micro e Pequenas Empresas do Espírito Santo (Sebrae/ES), Luiz Felipe Sardinha, o balanço de 2020 foi positivo e indica mais formalizações para o ano que se iniciou. “Observamos que, mesmo diante das dificuldades, no ano de 2020 o número de formalizações no setor da beleza foi bastante significativo. Foram mais de 4,2 mil novos empreendimentos no último ano. Acreditamos que a tendência de aumento no número de formalizações se manterá em 2021”, aponta.

Dentro da área de beleza uma atividade que tem se destacado são as unhas em gel ou fibra de vidro. A Vanessa Bastos viu a oportunidade de trabalhar com a atividade em 2018, e acredita ter feito uma boa escolha. “Não imaginava fazer disso uma profissão, mas hoje tenho certeza que fiz a maior e melhor decisão da minha vida. O mercado da beleza está em crescimento novamente. No início da pandemia houve uma queda muito brusca, principalmente para nós autônomos. Mas, novamente vejo que há uma atividade borbulhante de pequenos empreendedores que se posicionam em nichos e que contam com o ambiente digital para ajudar a abrir espaço no mercado”.

Amanda Buarque é esteticista e trabalha na área a alguns anos e conta como 2020 foi um ano desafiador: “O ano de 2020 foi cheio de mudanças, precisei me reinventar. Meu lado empreendedora entrou em ação, tive que buscar criatividade quando achava que não tinha criatividade nenhuma.  Foi um ano de incertezas, mas apesar de tudo de crescimento, me mantive em busca constante de crescimento pessoal e profissional, trouxe novidades para o meu espaço, investi em marketing, em cursos.  Apesar das dificuldades do ano, da ansiedade e da incerteza por causa da pandemia, dias de portas fechadas, posso dizer orgulhosa, que venci esse ano e foi meu ano de maior faturamento dentro da minha área de atuação, em 6 anos que trabalho na Estética. As dificuldades me fortaleceram e ao meu negócio também!”

De acordo com Luiz Felipe Sardinha, “uma das principais vantagens de atuar no mercado da beleza é o fato de a área dispensar alto investimento. É um mercado com baixo nível de barreiras de entradas. Além disso, é o tipo de negócio que se beneficia bastante da divulgação através das mídias sociais”.

O Sebrae/ES dá dicas do que observar para abrir um negócio no ramo da beleza:

Planeje-se

Analise quanto terá que desembolsar com a compra de equipamentos. Fundamental que o empreendedor levante os custos operacionais, pesquise o preço de mercado do seu produto/serviço e com base nesses dados, defina o seu preço de venda.

Perfil do cliente

É importante que o empreendedor defina o perfil de cliente que irá atender. Oferecer muitos serviços nem sempre é uma boa opção, pode passar a impressão de que você não é especialista em nada.

Divulgue

No que se refere a divulgação e promoção do seu negócio, a recomendação é que o empreendedor crie um perfil profissional nas principais redes sociais, como Instagram e Facebook e comece a gerar conteúdo relevante relacionado ao universo da estética.

Formalize-se

A formalização gera uma série de benefícios que ajudam bastante no dia a dia desses profissionais e que tendem a tornar os seus negócios mais competitivos, como o acesso a crédito, compra de máquinas e equipamentos em condições diferenciadas através de CNPJ, além da possibilidade de parcerias.

Lembre-se

O Sebrae/ES pode ajudar em todas as etapas do processo, com soluções específicas que irão tornar o processo mais simples e com maior probabilidade de sucesso. Basta acessar a aba atendimento ao cliente no site do Sebrae/ES, ou entrar em contato direto pela central de atendimento 0800 570 0800 ou pelo Whatsapp (27) 30415500.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade