25.5 C
Vitória
quarta-feira, 17 DE julho DE 2024

Rússia e Coreia do Norte assinam pacto de defesa mútua

A reunião ocorreu em um momento em que os EUA e aliados expressam preocupações crescentes sobre um possível acordo de armas

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o líder norte-coreano, Kim Jong Un, assinaram nesta quarta-feira (19) um pacto que inclui uma promessa de ajuda mútua caso qualquer um dos países sofra “agressões”.

Embora os detalhes não tenham ficado claros de imediato, o acordo poderá marcar a ligação mais forte entre Moscou e Pyongyang desde o fim da Guerra Fria. Ambos os líderes descreveram o pacto como um grande aprimoramento em suas relações, abrangendo segurança, comércio e investimento, além de laços culturais e humanitários.

- Continua após a publicidade -

Os líderes se encontraram em meio à primeira visita de Putin à Coreia do Norte em 24 anos. A reunião ocorreu em um momento em que os EUA e aliados expressam preocupações crescentes sobre um possível acordo de armas, pelo qual os norte-coreanos forneceriam a Moscou munições para sua guerra na Ucrânia, em troca de assistência econômica e transferências de tecnologia com o potencial de aumentar a ameaça representada pelas armas nucleares de Pyongyang.

Kim declarou que os dois países têm uma “amizade ardente” e prometeu total apoio à guerra da Rússia na Ucrânia.

Putin, por sua vez, disse que o pacto é um “documento inovador”, que reflete o desejo mútuo de levar as relações bilaterais a um nível superior. Com informações de Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 222

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA