26 C
Vitória
domingo, 14 DE julho DE 2024

Red Bull e Aston Martin violaram regulamento financeiro de 2021 da F-1, acusa FIA

Bicampeã com o holandês Max Verstappen no GP do Japão, e com o título de Construtores encaminhado na Fórmula 1, a Red Bull emitiu nota se defendendo, antes mesmo de um veredicto da FIA

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) revelou nesta segunda-feira que as equipes Red Bull e Aston Martin violaram o regulamento financeiro de 2021 que prevê gastos de US$ 145 milhões (aproximadamente R$ 753 milhões). Após longa investigação e colaboração das escuderias, a entidade anunciou que ainda estuda qual penalidade aplicará: as violações processuais e de gastos excessivos menores podem resultar em multas financeiras e/ou esportivas menores, o que não deve influenciar nos títulos de Max Verstappen.

Segundo a investigação da FIA, que divulgou suas descobertas em uma investigação de limite de custos nesta segunda-feira, logo após o GP do Japão de 2022, a Aston Martin está em “violação de procedimento.” por causa de um pequeno excesso financeiro (menos de 5% do limite de custo). Já a Red Bull cometeu um pequeno excesso de gastos no ano passado.

- Continua após a publicidade -

Foi revelado, ainda, que a equipe Williams fez uma violação de procedimento em maio de 2022, corrigido de “maneira oportuna, cooperativa e transparente.” A escuderia foi multada em US$ 25 milhões (cerca de R$ 129,8 milhões).

“A revisão da Documentação de Relatório apresentada foi um processo intensivo e completo, e todos os competidores deram seu total apoio ao fornecer as informações necessárias para avaliar sua situação financeira durante este primeiro ano do Regulamento Financeiro. Os competidores agiram sempre com espírito de boa fé e cooperação durante todo o processo”, afirmou a FIA.

A entidade ainda garantiu que nenhuma investigação formal está em curso. “A FIA também observa que, com relação a este primeiro ano de aplicação do Regulamento Financeiro, a intervenção da Administração do Limite de Custos da FIA se limitou a revisar as apresentações feitas pelos competidores e que nenhuma investigação formal completa foi iniciada.”

Entre seis e 12 juízes selecionados pela Assembleia Geral da FIA vão ouvir os representantes das equipes Red Bull e Aston Martin e definirão se são culpadas ou não e quais seriam as penalidades impostas. Podem ter pontos deduzidos do Campeonato de Pilotos e de Construtores, suspensão de uma ou mais etapas, limitações na capacidade de testes aerodinâmicos e do limite de gastos.

Bicampeã com o holandês Max Verstappen no GP do Japão, e com o título de Construtores encaminhado na Fórmula 1, a Red Bull emitiu nota se defendendo, antes mesmo de um veredicto da FIA.

“Observamos as descobertas da FIA de ‘Pequenas violações dos regulamentos financeiros’ com surpresa e decepção. Nossa submissão de 2021 ficou abaixo do limite de custo, então precisamos revisar cuidadosamente as descobertas da FIA, pois acreditamos que os custos relevantes estão abaixo do valor do limite de custo de 2021”, divulgou a escuderia. “Apesar da conjectura e posicionamento de outros, é claro que há um processo sob os regulamentos com a FIA que seguiremos respeitosamente enquanto consideramos todas as opções disponíveis para nós.”

Com informações Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 222

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA