Paulo Hartung prega cautela aos jovens prefeitos eleitos

 

O encontro realizado no Palácio Anchieta, em Vitória, serviu para orientar os novos gestores que irão assumir pela primeira vez o comando do Executivo Municipal

O governador Paulo Hartung recebeu, na manhã desta terça-feira (4), no Palácio Anchieta, em Vitória, os prefeitos eleitos nos municípios de Anchieta (Fabricio Petri), Cachoeiro de Itapemirim (Victor Coelho), Ibatiba (Luciano Salgado), Pedro Canário (Bruno Araújo) e Rio Novo do Sul (Thiago Fiorio). O encontro buscou auxiliar os jovens gestores que irão assumir o comando do Poder Executivo Municipal pela primeira vez.

Além de serem eleitos para o primeiro mandato, todos possuem menos de 40 anos e representam a renovação na administração pública capixaba. “Celebramos jovens eleitos para funções importantes. Recebemos essa turma para estimular outros jovens a exercerem o papel de liderança, não apenas na vida pública, mas também na privada. Colocamos na mesma mesa futuros gestores e jovens empreendedores para mesclarem em suas gestões boas iniciativas da área privada na área pública com foco em ações empreendedoras”, destacou Hartung.

Por conta da crise econômica que se abateu sobre o país e que tem gerado queda na arrecadação pública, o governador pregou cautela aos novos gestores eleitos. Paulo Hartung recomenda que sejam criadas equipes técnicas de transição para avaliarem a peça orçamentária do município prevista para o exercício fiscal do próximo ano.

“Não tenham pressa. Não é corrida de 100 metros. É uma maratona. É importante manter o ritmo, ou seja, tem que ter planejamento e gestão técnica. Façam o diagnóstico certo e tomem as medidas que precisam. Não tenham medo e nem arrogância para agir, porém sempre conversem e comunique com a sociedade a realidade do município”, aconselhou.

Os participantes aprovaram o encontro, destacando a importância de iniciar o diálogo com o Governo do Estado para implementação de políticas públicas modernas e ferramentas de gestão.“Vamos buscar novas práticas de gestão junto ao Governo do Estado. Rio Novo não tem muita renda. Temos que fazer muito com o que temos. Tenho 30 anos e sei de minhas responsabilidades. Se nós, candidatos de primeira viagem, praticarmos velhas práticas da política, aí que a população vai ficar mais descrente ainda. Está na nossa responsabilidade demonstrar que podemos fazer diferente e que existe a boa política”, comentou o prefeito eleito de Rio Novo do Sul, Thiago Fiorio.

Foto: Leonardo Duarte/Secom-ES

Conteúdo Publicitário

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome