23.9 C
Vitória
quarta-feira, 27 outubro, 2021

‘Operação Mata Atlântica em Pé’ para combater desmatamento no Espírito Santo

Ministério Público do Espírito Santo deflagra nova edição da ‘Operação Mata Atlântica em Pé’, iniciativa nacional busca coibir o desmatamento e recuperar as áreas degradadas do bioma

Por Munik Vieira

Teve início nessa segunda-feira (20) a Operação Mata Atlântica em Pé, iniciativa voltada ao combate do desmatamento e à recuperação de áreas degradadas.

Em sua quarta edição nacional, a ação ocorre, além do Espírito Santo, em outros 16 Estados brasileiros que integram o bioma Mata Atlântica e é coordenada pelos Ministérios Públicos dos Estados.

Neste ano, a expectativa é ampliar o número de fiscalizações e autuações, com a utilização ainda maior dos meios remotos de fiscalização disponíveis, como imagens por satélites. “Em alguns Estados, como no Paraná, buscaremos o fortalecimento da responsabilização criminal, com a participação do Instituto de Criminalística, que ficará responsável por elaborar laudos técnicos, especialmente úteis nos processos criminais”, informou o promotor de Justiça Alexandre Gaio, do MPPR, coordenador nacional da operação.

As atividades de fiscalização serão realizadas até o fim do mês e têm por objetivos identificar as áreas de Mata Atlântica desmatadas ilegalmente nos últimos anos, cessar os ilícitos e responsabilizar os infratores nas esferas administrativa, civil e criminal.

MPES, por meio do Centro de Apoio Operacional do Meio Ambiente (Caoa) e dos promotores de Justiça naturais dos municípios, participa da operação com o apoio do Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama), Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema) e Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf).

Dados

Conforme informações divulgadas em maio deste ano no Atlas da Mata Atlântica, o bioma sofreu redução de 13.053 hectares (130 quilômetros quadrados) entre 2019 e 2020 no Brasil. Em 10 dos 17 Estados que compõem o bioma, o desmatamento se intensificou, com aumento de 400% em São Paulo e no Espírito Santo e superior a 100% no Rio de Janeiro e no Mato Grosso do Sul.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade