24.9 C
Vitória
terça-feira, 23 abril, 2024

Netanyahu assume e indica governo religioso e nacionalista em Israel

A coalizão se desfez em junho, e Netanyahu e seus aliados garantiram a maioria parlamentar nas eleições de novembro

O político Benjamin Netanyahu tomou posse nesta quinta-feira (29), do cargo de primeiro-ministro de Israel, o que deve ser o governo mais religioso e ultranacionalista da história do país, prometendo implementar políticas que poderiam causar turbulência doméstica e regional e alienar os aliados mais próximos do país.

O novo governo de Netanyahu prometeu priorizar a expansão dos assentamentos na Cisjordânia ocupada, estender subsídios maciços a seus aliados ultraortodoxos e pressionar por uma reforma abrangente do sistema judicial que pode colocar em risco as instituições democráticas do país.

- Continua após a publicidade -

Netanyahu é o primeiro-ministro mais antigo do país, tendo ocupado o cargo de 2009 a 2021 e um período na década de 1990. Ele foi deposto do cargo no ano passado após quatro eleições empatadas por uma coalizão de oito partidos unidos exclusivamente em sua oposição ao seu governo durante o julgamento por corrupção.

A coalizão se desfez em junho, e Netanyahu e seus aliados garantiram a maioria parlamentar nas eleições de novembro.

Com informações de Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 220

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA