26 C
Vitória
sábado, 13 abril, 2024

Maicon é apresentado no Vasco: ‘Estou pronto’

A ansiedade pela estreia é tão grande que Maicon até se dispõe a jogar fora de sua posição original para ajudar a tirar o time do rebaixamento

Pouco aproveitado no Santos neste ano, o experiente zagueiro Maicon, de 34 anos, não pensou duas vezes em aceitar a proposta do Vasco. Apresentado nesta quinta-feira, garantiu que se precisar, o treinador já pode usá-lo neste sábado, diante do Cruzeiro – o jogador está liberado pelo BID da CBF.

“Idade é apenas um número. No passado o Vasco buscou jogadores mais veteranos de sucesso para a minha posição”, disse o jogador, enfatizando que está bem preparado para ajudar e indicando Ricardo Rocha e Mauro Galvão como referências de defensores que brilharam no clube apesar de terem mais de 30 anos quando jogaram.

- Continua após a publicidade -

“São duas inspirações. Não importa a idade, depende da personalidade do jogador”, disse. “Estou preparado, fisicamente muito bem, joguei 13 anos na Europa. No Brasil a carga de jogos é muito grande, o que acabou me prejudicando. Mas nesse ano, no entanto, não tive problemas de lesões e estou adaptado”, afirmou, já se imaginando em campo contra os mineiros, pelo Brasileirão.

“Estou pronto para ontem. A partir do momento que o Paulo Bracks (diretor de futebol) entrou em contato comigo, já disse para ele que eu estava pronto, que não tinha tempo para esperar. No ano passado tive bons jogos, fiz a maioria dos jogos no Santos, infelizmente as lesões me atrapalharam. Mas fiz bons jogos, até o meio das competições tínhamos a segunda melhor defesa daquele ano. Acredito que fiz uma grande competição, mas isso é coisa do passado, quero focar agora no presente.”

A ansiedade pela estreia é tão grande que o jogador até se dispõe a jogar fora de sua posição original para ajudar a tirar o time da zona de rebaixamento. “Futebol é sempre sacrifício. Independentemente da posição, estou preparado para qualquer lado que me pedirem ou me colocarem para jogar. A gente está aqui com um só objetivo, que é ajudar o Vasco.”

Já se colocando como um líder do grupo, Maicon não gostou de ser questionado sobre como o Vasco se portará “sem um técnico”. O clube demitiu Maurício Barbieri e vem sendo dirigido interinamente por William Batista, a quem Maicon pediu respeito

“Primeiro, nós temos um treinador, que se chama William (Batista). É um grandíssimo treinador, um grande profissional, que tem trabalhado com a gente nessas últimas semanas e demonstrado que tem muita capacidade”, avaliou. “Temos que dar o mérito pela pessoa e pelo profissional que ele é. Temos jogadores de muita qualidade. Claro que, quando não tem o resultado que planeja, você é cobrado por aquilo que demonstra toda semana, no dia a dia. O Vasco começou muito bem o ano, infelizmente depois desandou, mas vamos reerguê-lo.” Com informações Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 220

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA