22.1 C
Vitória
quarta-feira, 22 maio, 2024

Liverpool descarta a possibilidade de disputar a Superliga

O Tribunal de Justiça Europeu deu carta branca para a realização de uma Superliga ao indicar um abuso da “posição dominante” da Uefa e da Fifa

O Liverpool é mais um clube inglês que descartou a possibilidade de participar da Superliga Europeia. Ele se junta a Arsenal, Chelsea, Manchester United, Manchester City e Tottenham.

“A decisão de ontem (quinta-feira) do Tribunal de Justiça Europeu não muda a posição do clube em relação à Superliga. Nossa participação está encerrada. Continuaremos trabalhando com os outros clubes da Associação de Clubes Europeus (ECA) nas competições da Uefa”, disse o Liverpool, em suas redes sociais.

- Continua após a publicidade -

O Tribunal de Justiça da União Europeia (TJUE) deu carta branca para a realização de uma Superliga ao indicar um abuso da “posição dominante” da Uefa e da Fifa na tentativa de coibir a realização de uma nova liga na Europa, que detém o apoio de grandes clubes do continente. O movimento, inclusive, é liderado por Florentino Pérez, presidente do Real Madrid.

Ciente da decisão do Tribunal, a Uefa emitiu um comunicado afirmando que continuará defendendo a “pirâmide do futebol europeu” e garantiu que cumpre todas as leis europeias e regulamentos. A entidade enfatizou ainda que a Superliga ainda não foi validada.

Após a decisão do Tribunal, vários clubes europeus emitiram nota comemorando uma possível vitória que lhe dão o direito da criação de uma nova liga na Europa. Barcelona e Real Madrid, por exemplo, mostraram otimismo e total apoio à nova competição.

O movimento foi lançado em 18 de abril de 2021 e acabou revirando o mundo do futebol. A decisão foi tomada pela insatisfação com o calendário europeu e com o modelo receita das competições. Com informações Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA