23.3 C
Vitória
quarta-feira, 24 abril, 2024

João Gilberto, Caetano e Gal integram lista da Rolling Stone de maiores cantores

João Gilberto figura na 81.ª posição e na avaliação da revista, ganha destaque por sua importância na divulgação da música latina para o mundo

A revista Rolling Stone divulgou sua lista com 200 maiores cantores (as) da história da música. O Brasil aparece com três nomes – Caetano Veloso, Gal Costa e João Gilberto, que aparecem ao lado de nomes como Aretha Franklin, que brilha na primeira posição, Whitney Houston, Ray Charles, Mariah Carey, Beyoncé.

João Gilberto (1931-2019) figura na 81.ª posição e na avaliação da revista, feita pelo jornalista argentino Ernesto Lechner, ganha destaque por sua importância na divulgação da música latina para o mundo. “Um dos movimentos culturais mais poderosos a sair da América Latina, a bossa nova contou com três arquitetos fundadores: Antônio Carlos Jobim foi o compositor, Vinicius de Moraes, o letrista, e João Gilberto, seu discreto cantor e violonista”, afirma.

- Continua após a publicidade -

Para o argentino, João foi “da sutileza cosmopolita, o carioca murmurava e sussurrava com uma desenvoltura que fazia cada música parecer uma reunião casual de amigos”. E continua: “Esse estilo – sua poesia e calor – combinava perfeitamente com as narrativas da bossa sobre a contemplação da vida na praia de Copacabana. O álbum de estreia de Gilberto em 1959 deu o tom para a revolução que se seguiu.”

Gal Costa (1945-2022) é a 90.ª e, sobre ela, Ernesto Lechner afirma: “Em 1971, Gal Costa gravou Sua Estupidez, uma balada sentimental do cantor Roberto Carlos, e a transformou em uma declaração de partir o coração de beleza e arrependimento. Tal era o poder transformador de sua voz. Como uma luminosa rainha Midas, a diva baiana transformava em ouro tudo o que tocava: Tropicália de olhos arregalados (Baby, clássico brasileiro do final dos anos 1960), samba-rock sexy (Flor de Maracujá), exuberante carnaval frevo (Festa do Interior) e bossa funkificada (sua leitura de 1979 do padrão Estrada do Sol é tão exuberante e mística que beira o surreal).”

Caetano Veloso ocupa o posto 102 e teve avaliação do escritor norte-americano Michaelangelo Matos. Segundo ele, brasileiro é “o principal cantor e compositor do Brasil, equivalente de Bob Dylan, um roqueiro revolucionário com inclinação literária”.

Segundo o autor, “Caetano Veloso é um artista que é um mestre, sua voz aveludada e inteligência palpável dando um impulso mesmo – especialmente – quando ele está deitado e murmurando. Mas ele também é encantador quando acelera o ritmo e lança gritos e trinados emocionantes – e ele transmite tudo em inglês e também em português do Brasil.”

Figuram ainda na lista dos 200 melhores da Rolling Stone, nomes marcantes como Sam Cooke, Billie Holiday, Ray Charles, Stevie Wonder, Lou Reed, John Lennon, Freddie Mercury, Prince, Elvis Presley, Leonard Cohen. E os mais atuais, como Taylor Swift, Ariana Grande, Eddie Vedder, Billie Eilish, Rosalía e JungKook do grupo sul-coreano BTS.

Confira a lista completa que está disponível no site da Rolling Stone.

Com informações Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

FIQUE POR DENTRO

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -