24.4 C
Vitória
sábado, 25 maio, 2024

Jannik Sinner desbanca Alcaraz no ranking mundial da ATP

No feminino, a mudança mais significativa está fora do top 10. Vencedora do WTA 1000 de Miami, Danielle Collins avançou 31 posições

Em grande fase, o italiano Jannik Sinner garante, a partir desta segunda-feira, a sua melhor posição no ranking após levantar o troféu do Masters 1000 de Miami. Com o triunfo, ele agora é o número 2 do ranking com 8.710 pontos, deixando para trás o espanhol Carlos Alcaraz (terceiro com 8.645).

Focado neste bom momento, o italiano agora mira a temporada de saibro, piso em que tem apenas um título na carreira, para seguir no caminho das vitórias. E o principal alvo dos futuros torneios é o Grand Slam de Roland Garros. “Ser o número 2 do mundo é uma sensação incrível. Nunca pensei que chegaria a este ponto”, afirmou o competidor.

- Continua após a publicidade -

A liderança da lista se mantém em poder de Novak Djokovic (9.725 pontos), que assegurou o primeiro lugar mesmo sem ter participado do Masters de Miami. Daniil Medvedev aparece em quarto na lista seguido de Alexander Zverev, Andrey Rublev, Holger Rune e Casper Ruud, oitavo colocado.

Outra mudança sensível entre os dez primeiros também tem influência direta do torneio disputado nos Estados Unidos. Finalista e vice-campeão no confronto com Sinner, Grigor Dimitrov agora é o nono do ranking com 3.540 pontos. Antes de chegar à decisão, o tenista búlgaro era o 12º. Com a sua entrada, Alex De Minaur deixou a lista de Top 10 e agora é o número onze. Hubert Hurkacz encerra a relação dos dez primeiros com o décimo posto.

Eliminado na terceira rodada do Masters de Miami, Thiago Wild também tem o que comemorar. O paranaense ganhou dez posições e agora é o 66º do mundo com 831 pontos.

Feminino

Entre as mulheres, a mudança mais significativa está fora dos dez primeiros lugares. Vencedora do WTA 1000 de Miami, Danielle Collins avançou 31 posições. Do 53º posto, ela saltou para a 22ª colocação (2.140 pontos) após bater a casaque Elena Rybakina, que permanece em quarto lugar.

A polonesa Iga Swiatek, eliminada nas oitavas de final do torneio, segue no topo da relação com 10.835 pontos, seguida por Aryna Sabalenka e a americana Coco Gauff, segunda e terceira, respectivamente.

A grega Maria Sakkari também ganhou posições no top 10 feminino. Ela saiu do nono lugar e agora ocupa a sétima posição, desbancando a chinesa Qinwen Zheng e a checa Marketa

Vondrousova. A brasileira Beatriz Haddad Lima, eliminada na terceira rodada, manteve o mesmo lugar no ranking da WTA: 13º lugar. Com informações Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA