21 C
Vitória
segunda-feira, 22 DE julho DE 2024

Impostos empurram para cima os preços de presentes

Perfumes, brinquedos, artigos de tecnologia e roupas estão entre os produtos mais tributados.

Por Gustavo Costa

Uma das principais épocas do ano para o comércio de forma geral, o Natal representa lojas cheias e lucro para lojas dos mais variados setores. No entanto, o preço de artigos de vestuário, cosméticos e brinquedos devem ser atingidos em cheio por impostos em 2023.

- Continua após a publicidade -

De acordo com levantamento do advogado tributarista Samir Nemer por meio do site Impostômetro, dos itens mais procurados na data, o perfume importado, o que possui a maior parcela de seu valor só de impostos: 79% do seu valor é composto por taxas. Ou seja, se um perfume custa R$ 100 na loja, R$ 79 é de imposto.

Na parte de roupas, como camisas ou bermudas, 34,67%, por serem de necessidade básica, tem tributos menores, na casa de 34,67%. Já os sempre procurados brinquedos, como carrinhos, bonecas, possuem um percentual de impostos a se considerar: 39,70%.

O advogado aproveitou para falar da necessidade do consumidor se informar do que está pagando e quanto do que desembolsa é só para pagar tributos. “Poucos consumidores param para pensar na hora da compra sobre a carga tributária embutida nos produtos. É importante conhecer esses valores para fazer a escolha do presente e também para cobrar dos nossos governantes o uso desses impostos””, enfatizou ele.

Pai de dois meninos, o músico Iran Machado já se preocupa com o quanto vai gastar nas compras de fim de Natal. “Aguardo até a última hora, acho muita coisa mais em conta na véspera. Mas sei que não vai ficar barato. Tenho dois filhos que adoram games e já estou me preparando para gastar”, falou. E de fato, jogos de videogame tem nada menos que 72,18% só em taxas, também segundo o levantamento do advogado.

Ao consumidor, não resta outra opção: pesquisa sempre para conseguir os produtos que deseja, por um valor mais em conta.

 

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 222

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA