20.5 C
Vitória
segunda-feira, 22 DE julho DE 2024

Governo anuncia investimentos de R$ 630 milhões em rodovias do ES

Renato Casagrande conversou sobre linhas de financiamento e parcerias com o BDNES nesta terça (20).

Por Gustavo Costa

Com operações nas áreas de mobilidade urbana, segurança pública e infraestrutura, e visando estreitar a conversa sobre linhas de financiamento para o Espírito Santo, além de tratar a respeito do Consórcio Brasil Verde, o governador do Estado, Renato Casagrande, esteve na sede do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), no Rio de Janeiro, nesta terça-feira (20).

- Continua após a publicidade -

Casagrande e o presidente da entidade, Aloízio Mercadante, falaram sobre os projetos do BNDES e do Banco de Desenvolvimento do Estado do Espírito Santo (Bandes), além da abertura de linhas de crédito para intervenções em encostas e ações para redução de emissões de carbono. “Estamos tratando de políticas públicas do Espírito Santo, operações que nós já temos com o BNDES na área de segurança pública, na área de mobilidade, na área de infraestrutura. E agora estamos fazendo uma outra operação de R$ 630 milhões de reais para investimento em obras rodoviárias”, falou o governador.

O governador abordou a necessidade de um grupo de trabalho a ser integrado por estados participantes do Consórcio Brasil Verde e pelo BNDES, capaz de trabalhar na captação de recursos para projetos de mitigação das mudanças através do Fundo Clima, que é uma das linhas de financiamento do banco. “Estamos tratando também de uma parceria do BNDES com o Bandes, que a gente possa usar o fundo soberano e os recursos aqui do BNDES para o financiar investimentos de descarbonização para as empresas. É algo que faz parte do nosso plano de descarbonização, de neutralidade de carbono e outros projetos, não só para o Espírito Santo, mas também para o consórcio dos governadores”, completou Casagrande.

Espírito Santo: confiabilidade revertida na atração de recursos

Já Aloízio Mercadante aproveitou para falar da capacidade e autonomia do Espírito Santo, conhecido pela confiabilidade e baixo nível de endividamento. “O Espírito Santo tem capacidade de investimento, de financiamento, isso facilita muito o diálogo. Nós estamos saindo daqui com esse compromisso: até o final de março vamos assinar e contratar mais de R$ 630 milhões em estradas, para melhorar a produtividade, melhorar a vida da população”, frisou ele.

Mercadante lembrou ainda que avançaram bastante as parcerias públicas e privadas pra escolas no Estado, além de obras voltadas para a orla de várias cidades capixabas. “Queremos a Escola Tempo Integral, que é uma grande prioridade hoje do presidente Lula, dos pais, dos educadores. Acho que nós vamos ter um bom resultado, terminar o rodoviário também. E vamos agora começar a olhar um outro aspecto, que é a proteção da costa do Estado. Nós podemos encontrar recursos muito favoráveis e que ajudarão a proteger o patrimônio imobiliário, além de ser uma adaptação necessária à mudança climática. E finalmente esses investimentos para descarbonizar a economia, cada vez mais verde, emitindo menos carbono”, destacou ele.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 222

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA