24.9 C
Vitória
sábado, 25 maio, 2024

Governador beneficia agricultores familiares de 38 municípios

Governador beneficia agricultores familiares de 38 municípiosO Governo do Espírito Santo, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura, Aquicultura, Abastecimento e Pesca (Seag), realizou na tarde desta quarta quarta-feira (05), o repasse de 116 equipamentos a prefeituras, associações e cooperativas de produtores de 38 municípios do Estado.

A entrega faz parte do programa “Vida no Campo”, dentro do projeto de infraestrutura produtiva, e contou com investimentos de R$ 4 milhões, do Tesouro Estadual, com direcionamento próprio do Estado e de emendas parlamentares estaduais.

O evento, realizado no Parque de Exposições Floriano Varejão, na Serra, contou com as presenças do governador Renato Casagrande, do vice-governador Givaldo Vieira, do secretário de Estado da Agricultura, Enio Bergoli, dos deputados estaduais que direcionaram emendas, de prefeitos municipais, representantes de cooperativas e associações de produtores e outras autoridades.

- Continua após a publicidade -

O governador Renato Casagrande destacou o potencial da agricultura familiar e a importância que os investimentos, por meio da Seag, terão na vida dos produtores rurais. “A agricultura familiar é uma das prioridades do nosso governo e o projeto de infraestrutura rural do programa ‘Vida no Campo’ é fundamental para elevarmos a produtividade dos agricultores familiares, gerando renda e proporcionando melhores condições de se destacar no mercado”, declarou Casagrande.

Adquiridos pelo Governo do Estado, os veículos, máquinas e equipamentos serão utilizados pelas prefeituras e organizações de agricultores familiares, sob concessão de uso, na condução de atividades para produção, transporte e comercialização dos mais diversificados tipos de produtos. A entrega englobou nove veículos, cinco caminhões, duas retroescavadeiras, uma motoniveladora, 13 tratores e oito microtratores com 43 implementos, 26 secadores e nove piladores de café.

Para o secretário de Estado da Agricultura, Enio Bergoli, o momento é de festa para a agricultura capixaba. “O Governo do Estado está contribuindo para aumentar a competitividade das propriedades familiares e é preciso mecanizar essa produção para dar resultados ainda melhores”, destacou. “Os agricultores terão agora equipamentos para auxiliar no transporte da produção, no preparo dos terrenos e na manutenção de estradas rurais”, completou.

Uma das associações contempladas foi a de Agricultores Familiares da Comunidade de São Bento, em São Mateus, e o presidente Anísio Antônio da Silva, comemorou a concessão de um trator, que vai beneficiar 15 famílias. “O equipamento vai ser fundamental para o transporte da nossa produção e para o preparo das colheitas”, afirma. As famílias dessa região se destacam pela produção de banana, café, hortaliças e pimenta do reino.

O prefeito do município de Alegre, José Guilherme Aguilar, disse que o equipamento concedido vai ser muito útil para as famílias rurais do município. “Vamos beneficiar agricultores de 36 associações de produtores rurais que existem no município. É com muita alegria que recebemos esse equipamento, que vai favorecer a produção agrícola e o crescimento das pessoas”, declarou.

Além de Alegre, os outros municípios que tiveram prefeituras ou organizações de produtores contempladas no repasse foram Afonso Cláudio, Águia Branca, Alfredo Chaves, Alto Rio Novo, Apiacá, Aracruz, Baixo Guandu, Barra de São Francisco, Boa Esperança, Brejetuba, Cariacica, Castelo, Colatina, Domingos Martins, Dores do Rio Preto, Ecoporanga, Iconha, Irupi, Itaguaçu, Itarana, Jaguaré, Marilândia, Mimoso do Sul, Muniz Freire, Nova Venécia, Pancas, Pedro Canário, Pinheiros, Piúma, Santa Leopoldina, Santa Maria de Jetibá, São Domingos do Norte, São José do Calçado, São Mateus, Sooretama, Vila Pavão e Vila Valério.

Vida no Campo

Lançado em 2011 pelo Governo do Espírito Santo, com ações para ampliar as oportunidades e promover a inclusão social e o desenvolvimento regionalmente equilibrado, o programa “Vida no Campo” contempla 13 projetos de apoio à agricultura familiar capixaba. Esses projetos englobam ações nas áreas de assistência técnica, infraestrutura produtiva, revitalização de assentamentos, crédito fundiário, crédito rural, comercialização, habitação, titulação de terras, agricultura orgânica, agroecologia, juventude rural, empreendedorismo e agroindústria.

Até 2014, a meta de investimentos é de aproximadamente R$ 2,5 bilhões no Espírito Santo, principalmente em recursos de crédito.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA