Exposição “Sombra Projetada – Dionísio Del Santo” no Sesc Glória

Foto: Portal Sou ES

A exposição traz obras do artista plástico Dionísio Del Santo, que dá nome ao Museu de Arte do Espírito Santo (Maes)

Cores, movimento e a vontade de experimentar o novo são alguns dos elementos que traduzem as obras do artista plástico Dionísio Del Santo. As linhas foram a sua principal inspiração entre os anos 60 e 70. Destaque no mundo das artes, Dionísio se mantém eterno e atual, por isso de 31 de maio a 03 de setembro, pinturas e serigrafias do artista farão parte da exposição “Dionísio Del Santo I Sombra Projetada”, no Centro Cultural Sesc Glória, no centro de Vitória. O evento será aberto ao público e com entrada franca.

A exposição individual do artista Dionísio Del Santo (ES) reúne 24 obras de seu principal acervo, pertencente ao Museu de Arte do Espírito Santo (MAES). Realizada por meio da parceria entre o Serviço Social do Comércio (SESC) e a Secretaria de Estado da Cultura (SECULT), a mostra terá curadoria conjunta de Renan Andrade, diretor do Museu de Arte do Espírito Santo (MAES), e de Júlio Martins (BH/MG) com amplo conhecimento sobre a obra de Dionísio Del Santo.

“Sombra Projetada” possui um enfoque incomum e significativo sobre a produção do artista. As obras selecionadas pela curadoria, muitas delas ainda inéditas para o público, denotam um diferencial: apesar de estarem no campo da abstração, flertam com a figuração, mas não chegam plenamente ao figurativo. A ideia de “sombra projetada”, que dá título à exposição, vem daí também: forma que, ao ser transposta, perde o seu rigor e ganha outros contornos. A produção plástica de Dionísio Del Santo destaca-se pela utilização do vocabulário geométrico, contudo sem o rigor da grade modernista e dos concretos. Obras selecionadas para a exposição são de matriz em que se vale de fragmentos e distorções.

O projeto da exposição inclui uma publicação bilíngue que compilará as obras expostas e uma série de entrevistas com artistas que dialogam com a produção de Dionísio Del Santo. Como desdobramento, estão previstas atividades pertinentes ao Programa Educativo: Formação de Mediadores, Capacitação para Professores, Lançamento do Catálogo e Palestra com os curadores Júlio Martins e Renan Andrade.

Dionísio Del Santo

Dionísio Del Santo nasceu em Colatina, Espírito Santo, em 1925 e faleceu em Vitória, em 1999. Fixando-se no Rio de Janeiro em 1946, começou a pintar, autodidaticamente, em 1951, destacando-se, contudo, somente a partir de meados da década de 1960, quando adotou como meio expressivo favorito a serigrafia, um dos maiores expoentes no país.

Por aquela época começou a expressar-se através de um não-figurativismo geométrico que enfatizava os efeitos ótico-visuais, após ter atravessado uma longa fase de gradativo afastamento da figura, essa mesma concebida em estilizações formais.

Foi o vencedor do prêmio Ibeu de Artes Plásticas (RJ), em 1978, e entre suas muitas exposições destacam-se as retrospectivas de 1974 na Bolsa de Arte do Rio de Janeiro e de 1989 no Rio e em São Paulo, e a participação na mostra “Impressões Cariocas”, em 1995 no MAM-RJ.

Serviço:
Exposição “Dionísio Del Santo I Sombra Projetada”

Abertura para convidados: 30 de maio (terça-feira), às 19h30
Visitação: 31 de maio (quarta-feira) a 03 de setembro de 2017 (domingo)
Local: Espaço Expositivo Levino Fanzeres, 1º pavimento – Ala Praça/ Centro Cultural Sesc Glória
Horários de visitação: Terças a sextas, das 10h às 20h, exceto feriados; sábados e domingos, das 10h às 19h, exceto feriados.
Classificação etária: Livre
Entrada franca

Conteúdo Publicitário

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome