24.4 C
Vitória
domingo, 19 maio, 2024

ES lança programa que transforma escolas em ambientes de respeito

Programa surge em resposta ao alarmante aumento de casos de violência nas escolas

Por Kebim Tamanini

A escola, por definição, é um espaço destinado à educação e ao desenvolvimento pessoal e social dos estudantes. No entanto, infelizmente, em algumas ocasiões, ela também se torna palco de situações que fogem ao respeito mútuo, culminando em atos de violência e microagressões. Com o objetivo de conscientizar a comunidade escolar e formar cidadãos comprometidos com a paz e o respeito, a Secretaria da Educação (Sedu) lançou nesta quarta-feira (17) o Programa “Educar para a Paz”.

- Continua após a publicidade -

O programa surge em resposta ao alarmante aumento de casos de violência nas escolas, conforme dados do Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania (MDHC). Em 2023, as denúncias envolvendo violência escolar aumentaram cerca de 50%, totalizando 9.530 chamados registrados pelo Disque 100 apenas entre janeiro e setembro daquele ano.

Considerando as denúncias, que abrangem desde berçários até instituições de ensino, cada uma delas pode conter uma ou mais violações de direitos. No período mencionado, foram identificadas 50.186 violações, representando um aumento alarmante de 143,5% em relação ao mesmo período do ano anterior.

O Programa “Educar para a Paz” busca garantir espaços democráticos de diálogo e reflexão sobre valores e direitos humanos nas escolas. Além disso, visa proporcionar condições para uma convivência pacífica, incluindo práticas pedagógicas que promovam a comunicação não violenta e a empatia.

Dividido em quatro eixos: “Educar para a Paz com Valores e Direitos”, “Educar para a Paz com Gestão de Conflitos”, “Educar para a Paz com Vivências e Convivências” e “Educar para a Paz com Ecoformação” – o programa contempla diversas atividades. Entre elas estão a implementação de Planos de Convivência Escolar, formação de professores, diagnóstico e avaliação do clima escolar, entre outras ações coordenadas pela Gerência de Currículo da Educação Básica.

No eixo “Educar para a Paz com Gestão de Conflito”, destaca-se a atuação da Ação Psicossocial e Orientação Interativa Escolar (Apoie). Composta por equipes de assistentes sociais e psicólogos, a Apoie tem como missão promover ações que contribuam para o desenvolvimento intelectual, emocional e social dos estudantes da Rede Pública Estadual de Ensino do Espírito Santo.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA