28.8 C
Vitória
terça-feira, 23 abril, 2024

Durante a pandemia, a pele também precisa de cuidados

Entre o medo do contágio e a vontade de que tudo volte à normalidade, a pandemia despertou nas pessoas uma maior preocupação e cuidados com a saúde de modo geral.

Por Leticia Vieira 

A quarentena fez com que ficássemos mais tempo dentro de casa e por consequência, com menor contato com o sol. Mas se engana quem pensa que doenças de pele como o melasma por exemplo, não podem aparecer e até mesmo piorar nesse período. O estresse ou mesmo a contaminação pelo coronavírus podem causar problemas na pele.

- Continua após a publicidade -
Durante a pandemia, a pele também precisa de cuidados
Antes e depois do tratamento com Método Célula por Cimara La Belle, para melasma na cliente Luciana Oliveira (foto: divulgação)

Levando em consideração esse novo cenário, e a tendência que sempre existiu, principalmente entre as mulheres, de realizar os tratamentos de pele durante o inverno, a revista ES Brasil procurou empresária e estudiosa do ramo de biomedicina estética Cimara Labelle, para entender esse nova realidade, os cuidados e as orientações.

Confira abaixo a entrevista completa

Inverno é a temporada de cuidados com a pele, mesmo em meio à pandemia? É só estética ou há muito sobre a saúde envolvido?

O momento atual propiciou autoconhecimento, logo, mesmo diante da Pandemia as pessoas estão voltadas a se cuidarem  mais. E o inverno é a temporada ideal, uma vez que as temperaturas amenas e baixa umidade do ar diminui a incidência de raios ultravioletas que agridem a pele. Assim como beneficia o uso de peelings para rejuvenescimento facial e o método célula, por exemplo, direcionados ao tratamento contra manchas e melasmas.

E não é somente devido a estética, corrigindo imperfeições e características mas também voltadas a saúde, incluindo emocional e psicológica, além de prevenção às doenças de pele, vale ressaltar que o uso constante de ácidos prolongados  pode incidir o câncer .

O Estresse, vivido durante a pandemia, pode causar melasma? Ou outros problemas na pele?

O estresse desenvolve alterações fisiológicas no nosso organismo. Mediadores químicos são liberados na corrente sanguínea. Um deles é o cortisol que afeta o sistema imunológico, e nos deixa vulneráveis a diversas doenças inclusive as de pele como o melasma. O cortisol estimula o melanócito consequentemente a produção de melanina, piorando quadros ou estimulando para aqueles que não tinham a patologia.

Quais os cuidados? Para evitar, e se a pessoa já tem, tratar?

Manter uma rotina de vida leve e saudável, alinhada a atividade física e alimentação balançeada são princípios para prevenção a qualquer doença. Atenção também a proteção contra radiação solar, altas temperaturas, vapores e quaisquer mecanismo que levem o aumento de temperatura corporal o que pode estimular o melanócito. E com o melasma não seria diferente.

O inverno é sempre uma época que as pessoas escolhem para tratar a pele. Porque?

O inverno é um época querida para tratamentos de pele, devido a menor incidência solar e a radiações que são grandes causadores de manchas.

Porém, vale ressaltar que nesta época tende-se a reduzir o consumo de água e tomar banhos mais quentes, o que promove ressecamento ou produção de óleo excessivo, dependendo do tipo de pele. Logo, os cuidados devem ser mantidos, assim como o uso do protetor solar e o uso de óculos escuros por conta da capitação de luz do dia dentro da nossa retina ocular é fundamental.

Esse ano, com os cuidados todos recomendados devido à pandemia, é possível cuidar da pele mesmo assim? As empresas contam com que tipo de cuidado?

Cuidar da pele mesmo diante do período atual é possível. A clínica de Estética e Saúde Cimara La Belle, por exemplo, segue todas as orientações dadas pela OMS, os equipamentos e utensílios são higienizados com álcool 70% a cada paciente, além de contarmos com materiais descartáveis e de uso único.

Os horários são agendados a fim de evitar aglomeração, além das pacientes serem orientadas a não levarem acompanhantes, assim como não agendar caso apresentem algum sintoma.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 220

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA