26 C
Vitória
terça-feira, 23 abril, 2024

Deschamps convoca França e diz que Benzema ‘ficou no passado’

Durante a semana passada, Deschamps relembrou, em entrevista ao jornal Le Parisien, o corte de Benzema no Mundial, por causa de uma lesão

O técnico Didier Deschamps divulgou nesta quinta-feira sua lista de convocados para as partidas da próxima semana, contra Holanda e Irlanda, pelas Eliminatórias da Eurocopa.

Formada por boa parte dos jogadores que foram vice-campeões na Copa do Catar, a convocação tem algumas novidades e deixou de fora o atacante Karim Benzema, de 35 anos, com quem Deschamps viveu um episódio desconfortável nos últimos dias.

- Continua após a publicidade -

Durante a semana passada, Deschamps relembrou, em entrevista ao jornal Le Parisien, o corte de Benzema no Mundial, por causa de uma lesão. O treinador contou que deu ao atacante a opção de permanecer com o grupo até o final, mas que, quando acordou no dia seguinte, “ele já tinha ido embora”.

Após a publicação da declaração, Benzema usou o Instagram para rebater o técnico. Publicou um vídeo em que um homem repete a frase “mentiroso, é um mentiroso” e escreveu “Santo Didier… boa noite”. Deschamps não quis se estender sobre o assunto nesta quinta.

“Já contei o que aconteceu, é um assunto encerrado, que pertence ao passado. Para mim, o importante é o futuro, são as partidas que temos adiante com esses 23 jogadores”, comentou o treinador. “Eu não vejo as redes sociais”, completou.

Benzema esteve em campo na quarta-feira e marcou o gol da vitória por 1 a 0 do Real Madrid sobre o Liverpool, nas oitavas de final da Liga dos Campeões. Ao final da partida, também foi questionado sobre a polêmica. “Nada a dizer”, respondeu.

Uma das principais novidades da lista é a convocação de Khéphren Thuram, do Olympique de Marselha, irmão do atacante Marcus Thuram, do Borussia Mönchengladbach, que participou da Copa do Catar. Os dois são filhos do ex-defensor Lilian Thuram, campeão da Copa de 1998 ao lado de Deschamps, na época volante e capitão da seleção francesa.

Nomes importantes da França no últimos anos, como o goleiro Hugo Lloris e o zagueiro Räphael Varane, estão oficialmente aposentados da seleção e, portanto, fora da lista. Por isso, Deschamps chamou o goleiro Brice Samba, do Lens, e o zagueiro Wesley Fofana, do Chelsea, pela primeira vez. Sem Ousmane Dembelé, lesionado, o treinador convocou Moussa Diaby, do Bayer Leverkusen, para o ataque.

Veja a convocação da seleção francesa:

Goleiro: Mike Maignan (Milan), Alphonse Areola (West Ham), Brice Samba (Lens).

Defensores: Théo Hernandez (Milan), Jules Koundé (Barcelona), Benjamin Pavard (Bayern de Munique), Wesley Fofana (Chelsea), Dayot Upamecano (Bayern de Munique), Eduardo Camavinga (Real Madrid), William Saliba (Arsenal) e Ibrahima Konaté (Liverpool)

Meio-campistas: Adrien Rabiot (Juventus), Aurélien Tchouaméni (Real Madrid), Youssouf Fofana (Monaco), Khéphren Thuram (Nice), Jordan Veretout (Marseille).

Atacantes: Kylian Mbappé (Paris Saint-Germain), Olivier Giroud ( Milan), Antoine Griezmann (Atlético de Madrid), Moussa Diaby (Bayer Leverkusen), Randal Klo Muani (Eintracht Frankfurt), Kingsley Coman (Bayern Munich), Marcus Thuram (Borussia Mönchengladbach).

Com informações Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 220

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA