Corpo de atleta de futsal do Corinthians será velado hoje

Foto: July Stanzioni/SM Press

O atleta Douglas Nunes, pivô da equipe de futsal do Corinthians e da seleção brasileira, foi assinado na madrugada desse domingo (11)

O atleta Douglas Nunes, pivô da equipe de futsal do Corinthians e da seleção brasileira, foi assassinado na madrugada desse domingo (11), após sair de uma casa noturna em Erechim, no Rio Grande do Sul. O corpo do jogador será velado nesta segunda-feira (12).

De acordo com testemunhas, Douglas e outros jogadores se envolveram em uma discussão. O jogador foi assassinado dentro do carro em que estava quando ia embora do local. Ele foi socorrido por bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos.

No final da tarde desse domingo, a Brigada Militar da cidade de Erechim prendeu Ricardo Rodrigues, de 25 anos, suspeito de ter efetuado os disparos. Ele teve prisão preventiva decretada pela Justiça do Rio Grande do Sul.

O homem admitiu ter efetuado os disparos e disse que a confusão aconteceu após divergências na hora que o grupo de atletas foi pagar a conta do camarote em que estavam.

Douglas Nunes era formado nas categorias e base do Corinthians. Teve passagens por Orlândia e Kairat Almaty, do Casaquistão.

Conteúdo Publicitário