25.2 C
Vitória
sexta-feira, 25 setembro, 2020

Copom reduz Selic de 2,25% para 2% ao ano, no menor patamar da história

Leia Também

O Hospital Materno Infantil será entregue

Está tudo pronto! A solenidade de entrega do Hospital Materno Infantil Drª Maria da Glória Merçon Vieira Cardoso será as 9h30 do sábado (26). A entrega das obras é um marco para o município da Serra.

Governo federal libera entrada de estrangeiros por aeroportos de todo o País

A Portaria diz ainda que o estrangeiro em viagem de visita ao País para estada de curta duração, de até 90 dias

Parques estaduais abrirão neste final de semana

Com alguns municípios do Estado figurando na lista dos que estão atualmente em Risco Baixo, de acordo com a classificação do mapa de Gestão de Risco da Covid-19, parques estaduais vão reabrir em algumas localidades.

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu na noite desta quarta-feira, 5, por unanimidade, reduzir a Selic, a taxa básica juros, em 0,25 ponto porcentual, de 2,25% para 2% ao ano. Este é o nono corte consecutivo da taxa no atual ciclo. Com isso, a Selic está agora em um novo piso da série histórica do Copom, iniciada em junho de 1996.

Por Leticia Vieira com informações de Fabrício de Castro e Eduardo Rodrigues (AE)

A redução era esperada pela maioria dos economistas do mercado financeiro. Isso porque, com a pandemia do coronavírus, a atividade econômica despencou no Brasil, assim como a inflação. A avaliação majoritária era de que o BC seria levado a reduzir novamente a Selic para estimular a economia.

De um total de 50 instituições consultadas pelo Projeções Broadcast, 43 esperavam por um corte de 0,25 ponto, para 2,00% ao ano. Sete casas aguardavam pela manutenção da taxa básica em 2,25% ao ano.

Celso Bissoli, presidente do Corecon-ES, concorda que boa parte do mercado já esperava essa redução, “não foi surpresa nenhuma, porque pela trajetória da nossa economia, que vem sendo marcada por uma crise, a redução de juros já era esperada. Mesmo antes dessa pandemia, a nossa economia já vinha com uma taxa de crescimento muito baixa, uma taxa de desemprego muito elevada e tudo isso se agravou com essa pandemia a partir de março. Mas uma das formas que o governo tem de tentar estimular e a reação da economia é justamente reduzindo a taxa de juros”, afirmou o presidente.

Celso ainda pontua que “não existe um risco grande, com essa taxa de juros muito baixa, um risco inflacionário, por exemplo, porque por conta da crise a gente esta com uma capacidade ociosa muito grande, ou seja, se o consumo aumentar, a capacidade de produção da economia é capaz de responder a isso sem gerar um efeito inflacionário, sem um reajuste nos preços, justamente porque ainda existe capacidade ociosa. Então a oferta consegue se expandir. Pra poder atender ao crescimento da demanda.”.

O impacto direto da  redução de juros é reaquecer a economia  principalmente através dessa variável de consumo que basicamente é a que melhor responde a essas variações da taxa de juros.

Impacto direto para o consumidor individual

Para Celso Bissoli “Essa modificação da taxa de juros que hoje esta a 2% ao ano, para os consumidores individuais, por exemplo, acaba tendo um impacto muito pequeno. Porque a gente sabe que as operações de crédito que são feitas pelas instituições financeiras, principalmente pelos bancos, não corresponde exatamente ao valor da taxa Selic. Ou seja, mesmo com uma Selic muito baixa, as operações de crédito ainda são praticadas com taxas de juros muito elevadas. O crédito ao consumidor ainda é muito caro no Brasil. Mas com essa redução da Selic é claro que essas taxas tendem a ficar um pouco menores.  Do pondo de vista do consumidor individualmente ele acaba não percebendo tanto  essa redução dos juros”, afirma.

Em função do corte da Selic de hoje, o Brasil também segue com juro real (descontada a inflação) negativo. Cálculos do site MoneYou e da Infinity Asset Management indicam que, com a Selic a 2,00%, o juro real brasileiro passou a ser de -0,71% ao ano. O País possui agora o 15º juro real mais baixo do mundo, considerando as 40 economias mais relevantes.

 

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Economia: pedidos de seguro-desemprego caem 11,6% na 1ª quinzena de setembro

O custo de cada parcela adicional é estimado em R$ 8,35 bilhões, segundo cálculos da equipe econômica obtidos pelo Broadcast

‘Vamos fazer programa de substituição tributária’, diz Guedes

Ricardo Barros (PP-PR), afirmou ainda que não haverá aumento de carga tributária na proposta de reforma que o governo construirá

OCDE melhora perspectiva para economia mundial e para o Brasil em 2020

A economia global parece estar se recuperando do baque provocado pelo novo coronavírus mais rápido do que se imaginava há apenas alguns meses graças...

Ainda acreditamos que é possível acoplar IVA federal com estadual, diz Guedes

O ministro ainda disse que é natural que os Estados façam esse movimento, com o maior peso de serviços na economia, mas "não podem espremer os municípios."

Guedes volta a defender fim de todas as indexações no orçamento federal

Ele argumentou que o governo e o Congresso podem destinar orçamentos maiores para as duas áreas, independentemente da existência dos pisos constitucionais

Inflação oficial fica em 0,24% em agosto, diz IBGE

A inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), ficou em 0,24% em agosto deste ano. O resultado ficou abaixo...

ES Brasil Digital

Continua após publicidade

Fique por dentro

Economia: pedidos de seguro-desemprego caem 11,6% na 1ª quinzena de setembro

O custo de cada parcela adicional é estimado em R$ 8,35 bilhões, segundo cálculos da equipe econômica obtidos pelo Broadcast

‘Vamos fazer programa de substituição tributária’, diz Guedes

Ricardo Barros (PP-PR), afirmou ainda que não haverá aumento de carga tributária na proposta de reforma que o governo construirá

Conab avalia que Brasil terá segunda maior safra de café em 2020

O 3º Levantamento da Safra 2020 de Café, divulgado hoje (22), em Brasília, pela Companhia Nacional do Abastecimento (Conab), foi estimado em 61,6 milhões...

Valor Bruto da Produção Agropecuária deve ser recorde de R$ 823 bi, diz CNA

Outros fatores que podem influenciar o indicador do setor são o aumento de 4,3% na produção, a alta de 18,7% nos preços

Vida Capixaba

Cirurgia inédita no Estado para tratar tumores de pulmão

O procedimento é inovador! Chamado de lobectomia uniportal por vídeo, o procedimento será realizado no dia 26 de setembro. 

Farol Santa Luzia e Igreja do Rosário são reabertos com novas regras de visitação

A reabertura dos pontos turísticos capixabas acontece aos poucos e na última quarta feira (23) mais dois, localizados em Vila Velha, reabriram para visitação depois de ficarem fechados por meses, em consequência da pandemia do novo Coronavírus.

Difícil controlar o estresse na pandemia?

Na semana em que se comemora o dia Dia Mundial de Combate ao Estresse (23) resultados de estudos comprovam que nos últimos seis meses, devido à pandemia do COVID, a demanda por medicamentos para estresse, depressão e insônia, aumentou.

Terminam hoje inscrições para II Encontro Capixaba de Pesquisa em Educação Ambiental

Voltado para estudantes, pesquisadores, professores e demais educadores ambientais, o encontro será realizado de quarta-feira (23) a sexta-feira (25) de forma virtual devido às medidas de prevenção ao novo Coronavírus (Covid-19).
Continua após publicidade