27.2 C
Vitória
sexta-feira, 23 abril, 2021

CDL Vitória aponta que 50% pretendem fazer compras neste Natal

Os desafios trazidos pela pandemia deverão impactar nas compras de Natal deste ano, segundo pesquisa realizada pela CDL Vitória

Por Leulittanna Eller Inoch 

Segurando levantamento da Câmara dos Dirigentes dos Lojistas,  50% dos consumidores este ano pretendem presentear na data, sendo que a maioria (48,7%) deve gastar menos em 2020, se comparado ao ano passado, enquanto 38,5% intencionam gastar a mesma quantia.

Para os 50% que não pretendem presentear este ano, a principal justificativa é o fato de a situação financeira estar mais difícil por conta da pandemia (44,7%).

“Os consumidores estão mais cautelosos devido às incertezas no cenário político e na economia. De qualquer forma, o Natal continua sendo a melhor data para o comércio e acreditamos que ele será responsável por uma movimentação muito importante para o setor”, afirmou o superintendente da CDL Vitória, Wagner Júnior Corrêa.

Principais presentes serão roupas e calçados

O levantamento também mostra que os produtos mais buscados por quem vai presentear são roupas (51,3%), calçados (28,2%) e brinquedos em geral (12,8%). A maior parte dos entrevistados (56,4%) pretende gastar até R$ 100 em cada presente.

Diante da crise, a pesquisa de preços se torna grande aliada do consumidor: 94,9% afirmam que vão pesquisar antes de comprar os presentes, sendo que o shopping continua sendo o lugar preferido para 46,2% dos entrevistados, seguido do comércio de rua (43,6%).

Em relação à forma de pagamento, 51,3% pretendem pagar em dinheiro e 25,6% devem usar o cartão de crédito.

Para economizar

Para não deixar a data passar em branco tem família optando por fazer um amigo X. É o caso de Raquel Nascimento, onde a tradicional troca de presentes acontece ano após ano.

“Geralmente comprávamos presentes para todos, o que gerava um gasto exorbitante, então esse ano optamos por realizar um amigo X, assim todos se presenteiam sem gastar uma fortuna”

Economizar também é a palavra de ordem na casa de Laurita Guerra, ela tem quatro netos e para conseguir presentear a todos, nada como uma boa pesquisa de preço para economizar um pouquinho “Eu vou nas lojas de rua, na internet, nos shoppings, onde der. O que sair no melhor preço eu compro” Finaliza.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

ES Brasil Digital

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade