23.9 C
Vitória
terça-feira, 2 junho, 2020

China vive desafios comerciais sem precedentes, diz ministro do Comércio

Leia Também

Prazo de pagamento da taxa do Enem é prorrogado

Segundo o Inep, mais de 5,7 milhões de pessoas já tiveram suas inscrições confirmadas. E a expectativa é que 300 mil inscritos paguem a taxa de inscrição do exame.

Venda de veículos novos sobe 11,6% em maio ante abril, diz Fenabrave

Em maio, segundo mês de concessionárias fechadas em vários Estados, as vendas somaram 62,2 mil unidades, alta de 11,6% em relação a abril.

Estado tem mais de 15 mil infectados pela Covid-19

Chegou a 15.151 o número de pessoas infectadas pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Espírito Santo, segundo o “Painel Covid”.

Viana contará com Guarda Municipal armada

Ao todo, 29 agentes estão sendo treinados para realizar o combate à criminalidade, na segurança do patrimônio público, e a organização do trânsito, conforme explicou o prefeito Gilson Daniel.

As exportações chinesas caíram 9% nos primeiro mêses de 2020 em comparação com um ano anterior.

Pequim (AE)

O comércio internacional da China vive desafios “sem precedentes” em meio à queda da demanda global em decorrência da pandemia do novo coronavírus, disse o ministro do Comércio do país, Zhong Shan. Ele afirmou em um briefing que exportadores chineses enfrentam pressões de liquidez e cancelamentos de pedidos, já que a demanda externa teve forte queda nos últimos meses.

Nos quatro meses iniciais de 2020, as exportações chinesas caíram 9% em comparação com um ano antes, enquanto importações recuaram 5,9%, de acordo com dados divulgados na semana passada. Mas economistas acreditam que exportações devem piorar nos próximos meses, quando efeitos da recessão causada pela pandemia aparecerem em outras partes do mundo.

O ministro do Comércio chinês disse que o governo aumentou descontos nos impostos de exportação nos últimos meses para reduzir pressões de liquidez para exportadores, e também se movimentou para ajudar companhias a venderem produtos no mercado doméstico. Em abril, produtos para exportação vendidos no mercado chinês subiram 17%, de acordo com o ministro.

Zhong prometeu apoiar setores que foram fortemente afetados pelo vírus – nos quatro primeiros meses do ano, receitas de restaurantes chineses, por exemplo, caíram 41%, com o setor respondendo por cerca de 11% das vendas de varejo da China.

No mesmo evento, o vice-ministro do Comércio chinês, Wang Shouwen, disse que a revisão do texto da Parceria Econômica Regional Abrangente (RCEP, na sigla em inglês) deve terminar no fim de junho. Se o acordo comercial for assinado até o fim do ano, ele poderá ajudar países da região na recuperação da atividade comercial pós-pandemia. O RCEP envolve países do Sudeste Asiático e outras economias, como China, Japão, Coreia do Sul, Austrália e Nova Zelândia.

Fonte: Dow Jones Newswires

Continua após a publicidade

ES Brasil Digital

esbrasil_176
Continua após publicidade

Fique por dentro

Venda de veículos novos sobe 11,6% em maio ante abril, diz Fenabrave

Em maio, segundo mês de concessionárias fechadas em vários Estados, as vendas somaram 62,2 mil unidades, alta de 11,6% em relação a abril.

Cooabriel inaugura unidade em Montanha

O objetivo da nova unidade é atender às grandes solicitações de sócios e produtores, além de expandir a cultura do café conilon na região.

Governo publica MP que pode destravar crédito às pequenas e médias empresas

Os bancos já emprestaram mais de R$ 900 bilhões em recursos novos, renovações e suspensão de parcelas de empréstimos.

Parque de iluminação de Vila Velha será modernizado e ampliado

O edital para contratação da empresa que realizará o serviço foi lançado na sexta-feira (29), nos Diários Oficiais do Município, Estado e da União, além de jornais de circulação nacional.

Vida Capixaba

Viana contará com Guarda Municipal armada

Ao todo, 29 agentes estão sendo treinados para realizar o combate à criminalidade, na segurança do patrimônio público, e a organização do trânsito, conforme explicou o prefeito Gilson Daniel.

Novas regras adotadas para o comércio a partir desta segunda-feira (1º)

As novas regras para galerias, centros comerciais, academia, shoppings e restaurantes de Vila Velha foram publicadas no Diário Oficial do município desse domingo (31).

Lugar de homem é na cozinha

A arte de combinar ingredientes e temperos tem atraído mais e mais homens Em restaurantes ou em ambientes domésticos, é cada vez mais comum ver...

Shoppings da Grande Vitória poderão abrir a partir de segunda (1º)

De acordo com a secretária de Estado de Gestão e Recursos Humanos, Lenise Loureiro, a decisão foi tomada durante uma reunião da Sala de Situação de Emergência em Saúde Pública do Estado, realizada hoje. 
Continua após publicidade