21 C
Vitória
terça-feira, 16 agosto, 2022

China diz esperar novos casos de covid-19 durante Olimpíada de Inverno

ESBrasil-Jogos-de-Inverno
Jogos de Inverno. Foto: Reprodução

As autoridades chinesas pedem que os atletas busquem as vacinas para reduzir o risco de contágio

A organização dos Jogos Olímpicos de Inverno, que serão disputados em Pequim, afirmou nesta quinta-feira que espera por novos casos de covid-19 na China durante a realização da Olimpíada, entre 4 e 20 de fevereiro. As autoridades, contudo, afirmaram estar preparadas para atender o eventual crescimento de infectados pela doença no país.

“Um grande número de pessoas, de diferentes países e regiões, vão vir para a China e o fluxo de pessoas vai aumentar. Consequentemente, um certo número de casos positivos se tornará muito provável durante o evento”, afirmou Han Zirong, vice-presidente e secretária-geral do Comitê Organizador dos Jogos.

A declaração foi feita em entrevista coletiva que contou também com autoridades sanitárias do país. “Com certeza haverá infecções e é possível que aconteça um foco de contágios em pequena escala”, disse Huang Chun, que será o responsável por controlar a propagação do vírus durante a Olimpíada.

Apesar do alerta, as autoridades chinesas pedem que os atletas busquem as vacinas para reduzir o risco de contágio e complicações durante os Jogos de Inverno. O país asiático já registrou casos de infecção pela variante Ômicron, vindos de outros países. A transmissão local já foi confirmada. Por precaução, a China vai realizar a Olimpíada sem a presença de torcedores estrangeiros.

As autoridades chinesas prometeram medidas para evitar e conter eventuais contágios em fevereiro. Haverá locais específicos para tratar os infectados e médicos destacados para estes atendimentos. Serão 74 ambulâncias e 1.140 profissionais da área da saúde para acompanhar o evento.

Com estas medidas, Pequim acredita que poderá sediar a Olimpíada sem sofrer maiores sobressaltos. “Nós acreditamos firmemente que estas medidas de prevenção contra a covid-19 vão reduzir o risco de infecção e propagação da doença. E podem garantir a saúde dos atletas e de outras pessoas envolvidas nos Jogos”, disse Huang Chun.

Com informações de Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Entre para nosso grupo do Telegram

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade