Brasileira tira nota 10 no “Enem” da Islândia

Foto: Arquivo pessoal

Beatriz se mudou para o país para participar de um programa de evangelização

A brasileira Beatriz Ladeira, 15 anos, foi destaque na imprensa da Islândia. É que ela alcançou a nota máxima em uma prova nacional para estudantes, o chamado “Enem” do país. Tudo isso após vencer a dificuldade do idioma.

A menina, que é de Jundiaí (SP), foi considerada a melhor estudante da Islândia. Em entrevista ao G1, Beatriz se diz surpresa. “É uma coisa inacreditável”. Beatriz está com a família, os pais e os quatro irmãos em Reykjavík, capital do país, desde 2016.

Beatriz participou da chamada “Samrændu próf” (“Prova Uniforme”) no final do ano passado, uma espécie de Enem em nível de importância. De acordo com a menina, a maior dificuldade foi aprender a língua nórdica do ramo germânico setentrional, que sofreu uma “reforma” e passou a ser chamada de Islandês Moderno em 1500. A nota da prova é representada em letras e porcentagem.

“Muitas vezes eu me desesperava, não entendia nada. Havia poemas e textos de séculos atrás, regras gramaticais que era praticamente impossível de entender, contou a estudante.

A conquista de Beatriz virou notícia no país. E a menina comemorou. “Achei que seria uma entrevista pequena e que se tratava de um jornal de bairro, mas, na verdade, era um jornal de circulação nacional e minha matéria saiu na capa”, ressaltou.

Conteúdo Publicitário