25.9 C
Vitória
domingo, 23 junho, 2024

Americanas adia publicação de balanço e preocupa acionistas

Em recuperação judicial, rede varejista não divulgou finanças do ano passado e do 1º trimestre

Com uma nota em que alega “complexidade dos impactos da recuperação judicial e da aprovação e homologação do plano de recuperação judicial da companhia e subsidiárias”, a Americanas adiou a a divulgação das suas demonstrações financeiras relativas ao exercício social de 2023 e do primeiro trimestre deste ano.

Em recuperação judicial, a varejista informa que a sua Assembleia Geral Ordinária passará de no dia 28 de março para 30 de abril de 2024. Já o exame, discussão e votação das demonstrações financeiras de 2023 serão deliberadas em uma Assembleia Geral Extraordinária ainda sem data para acontecer.

- Continua após a publicidade -

Lembrando que  fevereiro, a rede também havia adiado seu balanço dos 9 primeiros meses de 2023, por uma semana. A empresa teve prejuízo de R$ 4,6 bilhões naquele período, e por conta disso, os acionistas da empresa no Ibovespa temem por mais notícias ruins. “A companhia está envidando todos os esforços para que a auditoria das demonstrações financeiras e a revisão das informações trimestrais sejam concluídas o mais rapidamente possível, de forma que sejam divulgadas ao mercado até 28 de maio de 2024”, frisou a empresa. 

Os papéis da rede (AMER3) fecharam o pregão desta segunda-feira (18) a R$ 0,53, e apenas em 2024 tiveram desvalorização de 41,75% na Bolsa.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 221

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA