O futuro da aviação executiva

A aeronave será idealizada para acomodar 22 passageiros, podendo realizar voos a 1.700 km/h
O jato executivo projetado capaz de realizar viagens em velocidades supersônicas tem capacidade para 22 passageiros

A empresa Spike Aerospace, situada em Boston (EUA), deu início em setembro a uma série de vôos-teste de seu primeiro avião demonstrador, o protótipo SX-1.2. Um grande avanço para a aviação executiva.

O modelo, que é uma aeronave não tripulada em escala reduzida, irá ajudar a validar o projeto aerodinâmico do S-512 Supersonic Jet: um jato executivo projetado capaz de realizar viagens em velocidades supersônicas.

A aeronave será idealizada para acomodar 22 passageiros, podendo realizar voos a 1.700 km/h. O desempenho possibilitará com que uma viagem de Nova York até o Rio de Janeiro, por exemplo, seja feita em apenas 4,5 horas, contra as 8,5 horas de um jato convencional.

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Favor insira seu nome