Acordo entre Trump e Kim Jong-un para encerrar programa nuclear

Coreia do Norte e Estados Unidos
Foto: Saul Loeb/Getty

A reunião entre os dois líderes representa avanço para alguns e um enorme retrocesso, para outros

O encontro entre o líder norte-coreano Kim Jong-un e o presidente estadunidense Donald Trump chamou a atenção do mundo todo nesta terça-feira (12). Um acordo de princípio foi assinado, com a meta de retirar a atividade nuclear da península coreana.

Os Estados Unidos deverão acabar com os exercícios militares provocativos com a Coreia do Sul. Por outro lado, a Coreia do Norte se comprometeu a acabar com o seu programa nuclear. As informações são da Agência Brasil.

Donald Trump se distanciou dos aliados no Grupo dos 7. Ele ofendeu o primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, e pediu a reintegração da Rússia ao grupo que era dos 8.

Agora, uma nova ordem mundial pode estar surgindo com a amizade do presidente americano com Kim. Outros veem como uma verdadeira desordem, com o fim de tratados multilaterais de comércio, do clima e de segurança.

“Hoje tivemos um encontro histórico e decidimos deixar o passado para trás”, comentou Kim, por meio de um intérprete. “O mundo inteiro verá uma grande mudança”.

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!