Casa de Jaques Wagner é alvo de operação da Polícia Federal

Jaques Wagner
Foto: José Cruz/Agência Brasil

Os investigadores cumprem sete mandados de busca e apreensão sobre envolvidos em esquema de pagamento de propina para campanhas eleitorais

A Polícia Federal cumpre nesta segunda-feira (26) mandado de busca e apreensão na casa de Jaques Wagner (PT). O ex-governador da Bahia é um dos investigados na Operação Cartão Vermelho. A investigação procura indícios de irregularidades em contratos envolvendo as obras do Estádio Arena Fonte Nova, em Salvador.

O PT divulgou nota em que chama de invasão a busca na casa de Wagner. Para a agremiação, existe uma “campanha de perseguição contra o Partido dos Trabalhadores e suas principais lideranças”. As informações são da Agência Brasil.

A PF trabalha com as suspeitas de irregularidades envolvendo contratos de serviços de demolição, reconstrução e gestão do estádio. Por meio de um laudo pericial, a PF informa que o caso pode ter resultado em um superfaturamento que superaria R$ 450 milhões.

Boa parte do valor seria para pagar propina e financiamento de campanhas eleitorais. Ao todo, sete mandados de busca e apreensão foram cumpridos em órgãos públicos, empresas e endereços residenciais dos envolvidos no esquema criminoso.

Conteúdo Publicitário

Aproveite as promoções especiais na Loja da ES Brasil!