20.5 C
Vitória
segunda-feira, 17 maio, 2021

Sambasoul exalta os amores improváveis

O tema da música, chamada “Taí”, faz parte da personalidade da banda: teve até noivado – com casamento concretizado – nos eventos do Sambasoul

De todas as histórias de amor, as mais interessantes são os encontros improváveis: o crush de carnaval, por exemplo. Ou o “lance” que surge de uma noite intensa de festa. Pois imagina a vibe se o assunto for contado com um samba/reggae? Esta é a proposta do Sambasoul em seu novo single, chamado “Taí”, canção que será lançada dia 9 deste mês, sexta, nas principais plataformas digitais e com clipe no YouTube.

O tema do single “Taí” é a alma da história do Sambasoul. A banda nasceu na Barra do Jucu, a partir de uma roda de samba, cresceu junto com o público, passou a fazer eventos próprios para uma média de 1,5 mil pessoas e, desses eventos, teve até noivado – com pedido em cima do palco – e casamento concretizado.

É o caso do casal Renata Pozzatto, 29, e Augusto Sherman, 34. Ela decidiu comemorar o aniversário em um show da banda e, quando menos esperava, ele subiu no palco e a pediu em casamento.

“O Sambasoul faz parte da nossa história de um jeito muito especial. Sempre curti a banda e, quando achei que iria só comemorar o meu aniversário, tudo aconteceu”, conta Renata. “Só duas pessoas de todos os amigos presentes sabiam. Numa pausa do show, pedi oportunidade, invadi o palco e pedi. E o público, no geral, foi muito receptivo, entrou na ideia mesmo”, completou Sherman.

O inesperado está na letra da nova música: “Taí, queria tanto te dizer; Taí, um pouco da sua voz escutar; Taí, sabe lá se vai durar a noite inteira”, diz o refrão. Segundo o vocalista Raul Mesquita, a ideia é falar com leveza sobre esses encontros improváveis. “É um assunto que todo mundo gosta de contar e ouvir. E ainda temos a honra de compartilhar histórias como essa da Renata e do Sherman”, disse.

Já Lucas de Carvalho,  baixista da banda, lembrou que  o “mundo da música e tudo que acontece ao redor dele, independentemente do estilo, tem esse poder do encontro”.

“Taí” é a segunda composição própria da banda que será apresentada ao público – a primeira foi Tudo Que Você Quiser, também lançada durante a pandemia. O Sambasoul, antes da crise no país, chegou a dividir o palco com nomes como Ivete Sangalo,  Marcelo D2, Atitude 67, Melim, Ferrugem, Armandinho e Léo Santana.

“Saudade dos shows e dos eventos. Por agora, estamos trabalhando muito em novas composições e materiais de mídias digitais, para que a gente volte ‘com tudo’ quando a abertura for possível para eventos com grande público”, afirmou Rafael Valadares, guitarrista do Sambasoul

- Publicidade -

Matérias relacionadas

ES Brasil Digital

Continua após publicidade

Fique por dentro

Vida Capixaba

Continua após publicidade