25.5 C
Vitória
quarta-feira, 17 DE julho DE 2024

Paixão de Cristo será encenada nos dias 13 e 14, em Viana

Da criação a ressurreição de Jesus Cristo. Essa será a história contada na peça de teatro “A vida de Cristo: da criação do mundo à ascensão ao céu”, do Grupo Teatral Vianense (GTV). O espetáculo será apresentado ao público nos dias 13 e 14 de abril, em dois capítulos, às 19h30, na colina da Igreja Nossa Senhora da Conceição, em Viana Sede.

A história, que é contada há 39 anos no município, será apresentada ao público em duas partes, totalizando cinco horas de espetáculo. Na quinta-feira (13), o GTV contará da criação do mundo aos vendilhões. Já na sexta (14), segundo dia de peça, o público acompanhará a realização da última ceia, passando pela crucificação à ascensão de Jesus ao céu. Cerca de 400 pessoas estão envolvidas com a peça, entre personagens e figurantes.

- Continua após a publicidade -

Algumas novidades estão sendo preparadas para este ano. Um show de luzes e pirotecnia irá abrilhantar ainda mais a peça. Outra novidade deste ano é que o personagem que faz Jesus Cristo será elevado a 15 metros de altura e não a 12 como sempre foi feito nos anos anteriores.

O presidente do grupo, Alexandro Gava Soares, conta que estão ansiosos para a apresentação e que muitas pessoas são esperadas nos dois dias. “Esperamos um público muito grande. Em 2016 mais de 15 mil pessoas assistiram à encenação que encanta a todos há tantos anos”, afirmou.

Os ensaios, que são abertos ao público, estão sendo realizados às terças e quintas-feiras às 19h30, e, aos domingos, às 15 horas, na Igreja Nossa Senhora da Conceição, em Viana Sede.

Serviço:

“A vida de Cristo: da criação do mundo à Ascensão ao céu”
Dia: 13 e 14 de abril
Local: Colina da Igreja Nossa Senhora da Conceição, em Viana Sede
Horário: às 19h30

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Matérias relacionadas

Continua após a publicidade

EDIÇÃO DIGITAL

Edição 222

RÁDIO ES BRASIL

Continua após publicidade

Vida Capixaba

- Continua após a publicidade -

Política e ECONOMIA